Qual o seu nível condicionamento físico?

Iniciante, intermediário ou avançado, treine de acordo com o seu nível de condicionamento. Não adianta ser iniciante e treinar como um avançado. Resultado disso é ausência de resultado

Qual o seu nível condicionamento físico?

No artigo Além do básico na prática de exercícios, falamos sobre a necessidade de fazer avaliação física para uma prescrição de treino mais assertiva de acordo com seu condicionamento e os objetivos definidos e monitoramento dos resultados.

Afinal, sem avaliação, haverá somente suposições de que a sua prática de exercícios está contribuindo para a sua saúde, melhorando a sua estética ou no desempenho esportivo.

Agora que você já sabe a importância de avaliar, trouxemos quatro testes para ajuda-lo a mensurar o seu nível de condicionamento físico. Conforme o resultado, você pode trabalhar para atingir níveis mais altos ou começar um novo programa de treinamento. Para isso, busque um profissional de educação física.

Testes de condicionamento

Os testes a seguir medem a força relativa, que significa o quão forte você é em relação ao seu próprio peso; a resistência muscular, medindo a capacidade que os músculos têm de se contrair repetidamente contra uma resistência (halteres, barra, peso corporal, faixa de exercícios, etc.) por um determinado período de tempo; e a potência, que é a habilidade de expressar força rapidamente – como correr ou saltar.

1. Agachamento com o peso corporal 

Foco: condicionamento da parte inferior do corpo

condicionamento

1º – Fique em pé com os pés separados na largura do quadril.

2º – Empurre seus quadris para trás, como se fosse sentar, e dobre os joelhos a 90º ou até que as coxas estejam paralelas ao chão. Traga os braços à frente, mantenha as costas retas, o peito aberto e o peso sobre os calcanhares.

3º – E retorne à posição ereta o mais rápido que conseguir.

4º – Repita por um minuto e registre o número de repetições concluídas.

Iniciante: menos que 20 repetições

Intermediário: 20 a 40

Avançado: mais de 40

2. Prancha

Foco: condicionamento do core (músculos abdominais, músculos das costas e músculos ao redor da pélvis)

condicionamento

1º – Assuma a posição ventral (de barriga para baixo), mas com os cotovelos dobrados na mesma linha dos ombros e o peso nos antebraços. Mantenha o corpo em uma linha reta da cabeça aos calcanhares.

2º – Segure o máximo tempo possível.

Iniciante: menos que 60 segundos.

Intermediário: 60 a 120 segundos

Avançado: mais que 120 segundos

3. Push-up / Flexão de cotovelo

Foco: condicionamento da parte superior do corpo

1º- Fique em quatro apoios com os pés e as mãos alinhadas, ligeiramente mais afastadas que a largura dos ombros.

2º – Contraia o abdômen para manter o corpo em uma linha reta da cabeça aos calcanhares.

condicionamento

3º – Flexione os cotovelos até que o peito se aproxime do solo. Empurre-se de volta à posição inicial, mantendo o corpo reto o tempo todo.

4º – Repita quantas vezes puder em um minuto e registre o número de repetições concluídas.

Iniciante: menos de 15 (mulheres) / 25 ou menos (homens)

Intermediário: 16 a 24 (mulheres) / 26 a 39 (homens)

Avançado: mais de 25 (mulheres) / 40 ou mais (homens)

4. Burpee

Foco: condicionamento do corpo todo

condicionamenyo

1º – Fique em pé com os pés separados na largura do quadril.

2º – Empurre os quadris para trás, dobre os joelhos e coloque as mãos no chão à sua frente.

3º – Pule os pés para a posição de flexão e, em seguida, de volta para a posição de agachamento, salte verticalmente o mais alto que conseguir, em seguida comece a próxima repetição.

4º – Repita o máximo que puder em um minuto e registre o número de repetições concluídas.

Iniciante: 20 ou menos

Intermediário: 20 a 30

Avançado: 30 ou mais

Como interpretar os resultados?

Os resultados atingidos podem ser diferentes para cada um dos testes de condicionamento. Por exemplo: Avançado, no teste de agachamento e Iniciante, no teste de flexão de cotovelo. Isso pode ser um indicativo para um treino mais direcionado para força de membros superiores, neste caso.

No entanto, é fundamental que esse direcionamento seja feito junto a um profissional de educação física para a avaliação, prescrição do treino de acordo com o seu nível de condicionamento e monitoramento da rotina de exercícios, a fim de resultados positivos em segurança, sem riscos de lesões.

Yumi Saito

Fundadora de YUMI SAITO SPORTS LIFE & CONSULTORIA, é professora de Educação física, especializada em educação especial. Tem 11 anos de experiência em treinamento de grupos especiais e educação física escolar.

Deixe uma resposta

Leia mais posts relacionados