Coma sem culpa – parte 1

São muitos os alimentos que podem e devem ser saboreados sem “culpa”. Acredite!

Coma sem culpa – parte 1

Você se preocupa com a balança? Então deve ter cuidado com o que come, mas não precisa sentir culpa o tempo todo. A questão do peso pode ser administrada com a prática de exercícios físicos, mas é melhor alinhar à alimentação também.

É muito importante comer para obter os nutrientes de que o corpo necessita. No entanto, quando se fala em controle de peso e emagrecimento, as pessoas logo pensam que vão passar fome ou é “frango com batata doce”.

Existem alimentos capazes de gerar mais saciedade que outros, o que controla a fome e a ingestão de calorias. Isso ocorre devido à composição deles. Apresentaremos então a primeira parte da lista dos alimentos, os quais você pode comer sem se preocupar em engordar – se forem consumidos com bom senso e equilíbrio, é claro.

Sopas e caldos sem culpa

culpa

Quando se come alimentos sólidos parece que a saciedade é maior se comparado à ingestão de líquidos. No entanto, pesquisas recentes mostraram que algumas sopas podem dar a sensação de mais saciedade, o que a ajuda a reduzir naturalmente a ingestão de outros alimentos. As sopas à base de caldo têm menos calorias do que aquelas à base de creme, por isso experimente caldos de vegetais, carnes magras e peixes. Além de nutritivos, ajudam na perda de peso e a sensação de culpa. 

Ovo

culpa

Anteriormente, pensava-se que o ovo era ruim por causa da gema, rica em gordura. Felizmente isso se provou errado. Na verdade, os ovos são “magros” e saudáveis. Eles contêm nove aminoácidos essenciais. Estudos demonstraram que comer ovos no café da manhã (para comer sem culpa é importante faze-los cozido, cru ou mexido sem óleo/manteiga) reduz o consumo diário de calorias. (Veja também Café da manhã: a refeição mais importante do seu dia).

Peixe

culpa

Peixes são uma excelente fonte de proteínas magras, são leves e de fácil digestão. Além disso, são ricos em ácidos graxos ômega 3, presentes principalmente na sardinha, salmão e atum, tudo que é gostoso e livre de culpa. Estudos mostram ser um nutriente anti-inflamatório que auxilia na redução do risco de doenças cardiovasculares, diminuição dos triglicerídeos, colesterol e na obesidade. Pessoas que comem peixes, geralmente ingerem 11% menos calorias comparando com quem come apenas carne. Aumentar a ingestão de peixes – exceto peixe frito – e reduzir a de carnes é uma boa estratégia para o emagrecimento e manutenção da saúde.

Carnes

culpa

Quer emagrecer mas não consegue reduzir a carne? Nesse caso, opte por carnes magras. Os teores de colesterol e gordura da carne de aves sem pele se assemelham ao da carne bovina magra, assim como do lombo suíno. Porém, os cortes do peito, as quantidades de gordura saturada e colesterol são menores quando comparados aos outros cortes, como coxa e sobrecoxa.

Se for consumir carne bovina, prefira peças como alcatra, filet mignon, coxão mole, coxão duro e patinho. Evite bisteca, costela, picanha e miúdos como coração e fígado. Se for consumir carne de porco, evite bacon, paio e toucinho, ricos em gordura saturada, assim como embutidos e frios, dando preferência ao lombo suíno. É importante ressaltar que todas as carnes devem ser preparadas sem a gordura visível e/ou a pele. Por isso, opte por carnes cozidas ou grelhadas.

São muitos os alimentos que podem e devem ser saboreados sem “culpa”. Acredite! Você vai se surpreender com a segunda parte desta lita e acompanhe as novidades no meu perfil do Instagram.

Yumi Saito

Fundadora de YUMI SAITO SPORTS LIFE & CONSULTORIA, é professora de Educação física, especializada em educação especial. Tem 11 anos de experiência em treinamento de grupos especiais e educação física escolar.

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *