Lugares para ver o Monte Fuji

Lugares para ver o Monte Fuji

O Monte Fuji é considerado um lugar sagrado para os japoneses. É o seu ponto mais alto e o marco mais emblemático do Japão. Há séculos os artistas reproduzem a beleza desse vulcão de formas simétricas.

O Monte Fuji é considerado um lugar sagrado para os japoneses. É o ponto mais alto e o marco mais emblemático do Japão. Há séculos os artistas reproduzem a beleza desse vulcão de formas simétricas em pinturas, xilogravuras – que são as gravuras a partir de blocos de madeira – e outras formas de arte. Um bom exemplo é “A Grande Onda de Kanagawa”, que faz parte do famoso conjunto de xilogravuras “36 Vistas do Monte Fuji”, de Katsushika Hokusai. 

No Japão as estações são bem definidas e a vista do Fuji se transforma mês a mês. Na primavera, as flores de cerejeira oferecem uma vista com uma moldura delicada em tons de rosa e branco. No verão, você pode escalar o Monte Fuji e ver a montanha sem neve. No outono, as cores vibrantes das folhagens combinam com os tons azulados da montanha. E no inverno, você aprecia a vista mais famosa, com o topo coberto de neve.

Lugares para ver o Monte Fuji 1
Monte Fuji no Inverno

Se você está planejando vir ao Japão e quer ver o Monte Fuji, não deixe de acompanhar a previsão do tempo. Verifique o melhor momento de visualização e escolha a melhor data pois nem sempre é possível ter uma visão clara da montanha.

De um modo geral, você terá as maiores chances no inverno, as mais baixas no verão e as primeiras horas da manhãs são sempre as melhores. Permanecer no local por mais tempo aumenta as chances de ter a tão sonhada visão do Monte Fuji.

Também é possível fazer uma excursão de um dia a partir de Tóquio, para que você não perca tempo com a logística. As excursões geralmente incluem uma vista do Lago Kawaguchi, de Oshino Hakkai (um pequeno vilarejo na região dos Cinco Lagos) e uma vista da 5ª estação do Monte Fuji.

Existem muitas oportunidades para os viajantes apreciarem vistas do Monte Fuji. O mais óbvio seria escalar a montanha, mas a temporada de escalada dura apenas alguns meses e, honestamente, o Monte Fuji parece melhor de longe do que de perto.

O Monte Fuji pode ser visto de inúmeros pontos nas regiões circundantes, assumindo um caráter diferente em cada perspectiva. A famosa calota de neve da montanha é tipicamente visível entre novembro e maio.

A região dos Cinco Lagos, ao norte do Monte Fuji, oferece aos visitantes a maior chance de obter boas vistas da montanha devido a sua proximidade. Hakone, uma cidade mais distante, também é um local popular para ver a montanha, mas as chances de captar vistas nítidas são mais baixas, pois precisa ser claro tanto em Hakone quanto ao redor da montanha.

A lista a seguir inclui esses e outros pontos para obter uma vista inesquecível do Monte Fuji:

Lugares para ver o Monte Fuji 2
Vista do Monte Fuji e de Shinjuku a partir do observatório Bunkyo Civic Center

Tóquio

Em Tóquio existem alguns observatórios, grátis ou pagos, que oferecem uma excelente vista do Monte Fuji em dias claros. O contraste da imponente e silenciosa montanha com os arranha-céus é realmente impressionante. Graças a uma melhoria na qualidade do ar, o número de dias que o Monte Fuji é visível no centro de Tóquio aumentou consideravelmente nas últimas décadas.

Monte Takao 

O Monte Takao está localizado na região metropolitana de Tóquio, a menos de uma hora de trem a partir de Shinjuku. Lá do alto você terá excelentes vistas de Tóquio e nos dias claros pode ver o Monte Fuji à distância. Há muitas atrações ao longo do caminho da sua base até o cume, são várias trilhas com níveis de dificuldade que vão do fácil ao mais difícil, nenhuma delas leva mais de 2 horas para concluir. Para quem quer mais comodidade há um teleférico que leva até boa parte do caminho. Há também um templo budista, museu, parque de macacos, onsen e restaurantes. Ou seja, um excelente passeio que pode ser feito em um dia e ainda tem uma bela vista do Monte Fuji.

Do Shinkansen

Se você está indo para Osaka ou Quioto a partir de Tóquio, Monte Fuji pode ser visto de dentro do shinkansen entre Shinagawa e o Lago Hamana, logo após Hamamatsu. O Tokaido Shinkansen corre ao sul do Monte Fuji, permitindo aos viajantes uma visão da montanha a partir dos trens enquanto eles passam. Os campos ao sul da pista também oferecem belas vistas dos trens e da montanha juntos.

Da região dos cinco lagos

Ao norte da montanha, a região dos Cinco Lagos oferece algumas das melhores vistas do Monte Fuji. A área também é um dos poucos lugares no Japão onde você pode ver o raro Double Diamond Fuji, ou seja, o Monte Fuji, juntamente com seu reflexo, assim como o sol nascente ou poente toca o pico da montanha.

Lugares para ver o Monte Fuji 3
Lago Kawaguchi no outono.

As margens oferecem vistas do lago e da montanha em combinação com as flores de cerejeira geralmente em meados de abril e em combinação com as cores do outono em meados de novembro.

Na costa leste, há um observatório próximo ao cume do Monte Tenjo. De lá, você pode olhar para o Lago Kawaguchi de um lado, e o Monte Fuji do outro.

Pagode Chureito

Lugares para ver o Monte Fuji 4

O Pagode Chureito tem cinco andares, fica na encosta de uma montanha, com vista para a cidade de Fujiyoshida. O pagode é um dos locais mais populares para ver as flores de cerejeira, ou as folhagens de outono e onde você pode obter esta icônica vista do Monte Fuji.

A estrutura de cinco andares pertence ao Santuário Arakura Sengen e foi construída em 1963 como um memorial da paz.

Lago Yamanaka

Lugares para ver o Monte Fuji 5

O Lago Yamanaka proporciona uma bela vista para o Monte Fuji, especialmente ao longo da costa norte. É o maior dos cinco lagos e tem a forma de uma baleia quando visto de cima. Juntamente com o Lago Kawaguchi, foram formados pela atividade vulcânica do Monte Fuji e ambos pertencem aos Cinco Lagos Fuji. Devido à sua alta altitude e profundidade da água relativamente rasa, o Lago Yamanaka congela completamente no inverno. Durante esse período, pode-se desfrutar de pesca no gelo. Existem muitas atrações para os visitantes, como instalações para esportes aquáticos e também para passar um tempo no ambiente natural, além de vários museus de arte, etc.

Oshino Hakkai

Oshino Hakkai é um vilarejo com pequenas casas tradicionais de palha e pequenos lagos de água cristalina, com a montanha ao longe.

Lugares para ver o Monte Fuji 6

Uma pequena vila turística entre o Lago Kawaguchi e o Lago Yamanaka, as lagoas de Oshino Hakkai recebem água diretamente das encostas do Monte Fuji. Por quase um século, o degelo da montanha é filtrado através de camadas de lava porosa, transformando-a em água clara da nascente.

Teleférico Panorâmico do Monte Fuji

Este teleférico panorâmico leva a um deck de observação com vista para o Monte Fuji e para o Lago Kawaguchi. Está localizado próximo à Estação Kawaguchiko, no Monte Tenjo. Aqueles que não quiserem descer de volta pelo teleférico, podem seguir uma trilha a partir do mirante, a caminhada é de aproximadamente 30 minutos.

Iyashi-no-Sato Nemba 

Iyashi-no-Sato é um antigo vilarejo, localizado próximo ao Lago Sai, que é um dos Cinco Lagos Fuji. Em 1966 a vila de Nemba foi destruída por um enorme deslizamento de terra. As casinhas tradicionais foram reconstruídas. O local como um todo é um museu, documentando a vida cotidiana dos agricultores naquela época, bem como o trágico desastre.

A vila tem uma variedade de instalações para que todos possam desfrutar, como por exemplo atividades tradicionais de artesanato (cerâmica, fabricação de incenso e tecelagem), exposições, museu, e vendas de produtos locais.

Fonte: Japan Guide, Japan Travel.

Imagens: Wikimedia Commons.

Jaqueline Kuriu é praticante de Kyudo, a arqueria tradicional japonesa, e estudante de japonês. Atualmente mora em Tóquio, mas nasceu em Curitiba, onde se formou em Educação Física pela UFPR. Trabalhou com dança e atividades culturais, e realizou palestras sobre arte, música, cultura e viagens.

Veja o perfil completo de Jaqueline Kuriu