Emagrecimento: o que você precisa saber

Os melhores exercícios para emagrecer são os aeróbicos ou com sobrecarga? Neste texto respondemos a esta pergunta com dicas para você escolher exercícios eficientes.

Emagrecimento: o que você precisa saber

Os melhores exercícios para emagrecer não são necessariamente aqueles que a maioria das pessoas pensam. Ainda são poucas as que escolheriam treinar com pesos, externos ou peso corporal, gerando uma sobrecarga. Em vez disso, tentariam fazer caminhada ou corrida com o objetivo de emagrecer. Isso não significa que as atividades “cardio” sejam ruins, elas sem dúvida, são algo que também devem ser feitas dentro de um programa de treinamento, contando que sejam de maneira eficiente.

Se você deseja realmente emagrecer precisa saber disso:

Sobrecarga

Os exercícios praticados precisam gerar uma sobrecarga para o organismo, isto é, o quanto o corpo se esforça para realizar tal atividade. Se há um esforço honesto, mudanças acontecerão. Com isso, o organismo entenderá que precisa se adaptar aos estímulos, fortalecendo, construindo músculos e usará a gordura para isso.

Leia mais em: Emagrecimento na Pratica

É mais fácil esse processo acontecer quando se envolve atividades que sejam intensas – intensas para você – em vez de atividades leves que causam pouca ou nenhuma sobrecarga.

Gasto calórico
Slim asian woman using smart watch and smartphone in park
Foto por Ketut Subiyanto em Pexels

A frequência cardíaca (FC) é o número de batidas do coração por minuto. O aumento da FC é uma forma de estimular o corpo a recorrer às reservas de gordura e usá-la como fonte de energia. Quando se aumenta a FC realizando uma caminhada, por exemplo, o corpo gasta energia. Ao terminar, a FC volta à normalidade e então aquele gasto excedente para.

No entanto, de acordo com pesquisas científicas, as atividades intervaladas de alta intensidade, o HIIT, caracterizado por momentos de esforço e pausa repetidamente, são melhores para emagrecer, pois isso faz com que o corpo continue gastando calorias mesmo depois dos treinos.

Exercícios

Nada fora do comum são os exercícios que podem ter característica de HIIT. A tradicional musculação, saltos, burpees, pular corda, golpes de boxe, subir escadas, exercícios com faixa elástica e com o peso do corpo, por exemplo são atividades que podem ser muito eficientes  para o emagrecimento.

O segredo é trabalhar os grandes grupos musculares, como coxas, glúteos, abdômen, peito, costas e ombros fazendo o máximo esforço que for capaz. Não importa o seu atual nível de condicionamento físico ou habilidade, pois qualquer prática melhora com o tempo e a dedicação. Conforme as capacidades forem aumentando, o seu nível de intensidade e sobrecarga aumentarão.

Leia mais em: Magro sedentário ou obeso fit? e Comece agora.

É válido ressaltar  que os treinos, as cargas e os exercícios devem ser coerentes com a sua realidade. Caso contrário há um alto risco de lesão por  realizar mais exercícios de mais ou de menos que precisa para evoluir.

Tenha um motivo importante

“O que o levou a fazer exercícios em casa?”

“Por que quer emagrecer?”  

Enquanto você não tiver definido essa causa, fazer exercícios será um obstáculo. Superação, autoestima, saúde, um objetivo real traz sentido à prática e o seu comportamento vai sendo moldado. Seja qual for o seu objetivo, o treinamento deve ser focado no real motivo.

Fundadora de YUMI SAITO SPORTS LIFE & CONSULTORIA, é professora de Educação física, especializada em educação especial. Tem 11 anos de experiência em treinamento de grupos especiais e educação física escolar.

Veja o perfil completo de Yumi Saito