Os melhores lanches do Japão

Antigamente, os lanchinhos feitos entre uma refeição e outra eram mal vistos pois na maioria das vezes estavam associados à guloseimas de baixo valor nutricional. Porém isso vem mudando desde o surgimento do conceito de “lanches saudáveis”

Os melhores lanches do Japão
Yumi Saito Consultoria

Receba os posts por email assim que foram publicados

Os cuidados que você, adulto, tem em relação a sua saúde estão sendo observados. Se você corre, faz ginástica, se alonga, dentre outras atividades, tudo isso é olhado com atenção pelas crianças. O que você come também. Então, essa é uma boa oportunidade para ensinar os pequenos. Mesmo que seja bebê ou bem pequenas, elas entendem.

Os lanches costumam ter má fama, pois na maioria das vezes estão associados à guloseimas de baixo valor nutricional, que são encaixados entre uma refeição e outra. Porém isso vem mudando desde o surgimento do conceito de “lanches saudáveis”.

De acordo com essa ideia, comer uma pequena porção de alimentos ricos em nutrientes entre as refeições ajuda a aumentar a energia e a ingestão nutricional geral, o que evita o excesso de comida resultante de “ataques de fome”. 

O objetivo é comer intencionalmente, em vez de engolir calorias vazias. Mas afinal, o que comer de lanche?

Cada lugar tem os seus alimentos típicos que são comumente consumidos nas refeições. Pão com manteiga acompanhado de café com leite, castanhas, sucos e frutas tropicais, por exemplo, são lanches muito populares no Brasil.

Em relação ao Japão, existem os lanches que são diariamente consumidos por crianças e adultos. Na visão ocidental alguns alimentos podem até parecerem estranhos, mas são alimentos saudáveis capazes de aumentar a longevidade.

Amêndoas

As nozes geralmente são o lanche saudável mais popular nos países ocidentais. Elas também podem ser encontradas no Japão. Porém, mais voltada para o sabor local e uma adição de cálcio, como por exemplo o “peixe com amêndoas”. É uma combinação crocante de amêndoas cortadas e pequenas sardinhas secas, as quais também são facilmente encontradas separadamente. 

almonds nuts in jar

Segundo o fabricante Kyoritsu Foods, uma empresa pesqueira de Hiroshima criou este lanche em meados da década de 1980 para aumentar a ingestão de cálcio das crianças depois que alguns alunos sofrerem fraturas praticando esportes nas escolas. E as amêndoas tornaram-se populares no Japão depois de serem introduzidas no 給食 kyushoku (almoço escolar).

Edamame 枝豆 (grão de soja)

Os melhores lanches do Japão 1

A soja é uma das melhores fontes de proteína vegetal, é rica em fibras e pobre em carboidratos. Pode-se considerar a soja a base da culinária e da cultura japonesa.

O Edamame 枝豆 são grãos de soja verdes  (imaturos) que são muito consumidos como lanches ou petiscos. Pode ser encontrado fervido e salgado durante todo o ano na seção de congelados dos supermercados e nas lojas de conveniência.

O fato de ter que tirar os grãos da vagem ajuda a desacelerar pessoas que comem rápido demais e aumentará a destreza de seu filho. 

Soja torrada

Outra opção de lanche à base de soja é a soja torrada. É crocante e no mercado podem ser encontrados em vários sabores, uns mais salgados, outros mais adocicados, e também com algas marinhas. 

Normalmente, os grãos de soja seca são vendidos nos supermercados podendo assim ser torrados em casa, tornando-se uma opção mais saudável.

Saiba que a soja torrada é um risco de asfixia para crianças menores de quatro anos e algumas pessoas podem ser alérgicas.

Algas marinhas

As algas marinhas são uma opção de lanche rico nutricionalmente. Contém aminoácidos, alto teor de fibras, antioxidantes, vitaminas, minerais e é baixo em calorias.

brown rock formation on white background

Leia também: As superfoods do Japão: Alimentos tradicionais que te ajudam a manter a saúde.

Nori, Konbu e wakame são ótimos lanches, assim como muito utilizados na culinária local.

Batata Doce

Rica em fibras, especialmente se comer com a casca; carboidratos complexos, o que ajuda na saciedade; ricas em antioxidantes, minerais, vitamina C e vitamina A, boa para a visão .

two red sausage on brown wooden chopping board

Pode parecer estranho para algumas pessoas, mas no Japão, a babata doce é servida como lanche também. O yaki imo 焼き芋 é a batata-doce assada lentamente. Particularmente no inverno são fáceis de comprar ainda quentes em lojas de conveniência e supermercados. Na temporada, elas são vendidas em caminhões que cantam yaki imo para que você saiba que eles estão por perto.

A batata doce para lanche também pode ser encontrada em forma de chip, os quais se forem feitos em casa, certamente serão uma versão mais saudável.

Historicamente, a batata-doce está no Japão desde cerca do ano 1600 e desempenhou um papel importante em ajudar a nação a lidar com a fome. Depois que as secas no início de 1700 causaram repetidas perdas nas safras de arroz, a batata-doce foi usada como alimento básico alternativo introduzido na região de Kanto, em torno de Tóquio. Isso ajudou a reduzir as mortes durante a falta do arroz.

Konnyaku 

É feito a partir do tubérculo da planta “Língua do diabo”. Contém cerca de 97% de água, o restante composto principalmente de fibra.

Os melhores lanches do Japão 2

O Konnyaku é mais comumente servido em pequenos pedaços como um ingrediente em pratos saborosos, pois sua aparência não é muito apetitosa. Ele também é encontrado em outros formatos, como o de macarrão. Ambos são usados ​​no oden, prato que é popular no inverno, ótimo para os lanches em dias frios. Durante essa temporada, o oden são muito populares nos balcões das lojas de conveniência.

Mais recentemente, o konnyaku foi transformado em geleias doces, em chips, e também, com uma consistência parecida a da carne defumada, que algumas creches japonesas oferecem de lanches para as crianças para ajudar a estimular a mastigação.

Um ponto interessante que pode ser aplicado quando se deseja ensinar bons hábitos alimentares às crianças é incentivá-las a experimentar os alimentos antes de dizer se gostam ou não.

Diante disso, acredito que a melhor estratégia para garantir a saúde da família inteira é a comunicação, a paciência e o exemplo.

E você, que tipo de lanche consome e oferece às suas crianças?

Você busca saúde e não sabe por onde começar? Yumi Saito Sports Life & consultoria impulsiona seus resultados!

Yumi  Saito

Cref. 001797G/PA

Fundadora de YUMI SAITO SPORTS LIFE & CONSULTORIA, é professora de Educação física, especializada em educação especial. Tem 11 anos de experiência em treinamento de grupos especiais e educação física escolar.

Desenvolveu a metodologia YUMI SAITO SPORTS LIFE, onde uniu conceitos de fisiologia do exercício e Pedagogia aplicada à Educação física. 

Apaixonada pela profissão, tem como missão ajudar pessoas a alcançarem seus objetivos através de técnicas simples que se encaixam perfeitamente em alguns minutos do seu dia.

Foto de Emrah Tolu no Pexels

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também