Todo Dia JP – Conteúdo relevante para os brasileiros no Japão – Alguns direito reservados

Começa julgamento de influenciadora japonesa, acusada de ganhar dinheiro enganando pretendentes

influenciadora
,

Começou o julgamento da influenciadora japonesa, conhecida como Riri-chan, acusada de ganhar dinheiro enganando pretendentes.

A influenciadora dando e caindo golpes

Ela apareceu no tribunal usando óculos e com uma aparência muito diferente daquela que exibiu nas redes sociais. Com uma voz inquieta, ela admitiu as acusações que enfrenta. Mai Watanabe é acusada de fraude, pois vendeu um “Manual Mágico” para extorquir dinheiro de homens, explorando seus sentimentos.

influenciadora

Segundo informações, Watanabe vendeu o manual por 28 mil ienes a um estudante universitário chamado Kazuta Ie, em junho do ano passado. Ie usou o manual para enganar dois homens, fazendo falsas alegações de que eles deveriam ajudá-la a pagar o aluguel, conseguindo 650 mil ienes deles. Ie relatou a Watanabe que conseguiu o dinheiro e expressou sua gratidão pelo trabalho dela.

influenciadora

No tribunal, também ficou claro que muitas pessoas compraram o manual de Watanabe, gerando uma receita de vendas relatada em 19,93 milhões de ienes.

influenciadora

Além disso, a promotoria alegou que Watanabe começou a vender esses manuais após gastar grandes somas de dinheiro em bares. Para quitar suas dívidas rapidamente, ela pediu assistência financeira a clientes, oferecendo serviços sexuais, alcançando o sucesso nessa empreitada.

influenciadora

Watanabe também enfrenta acusações de fraude por ter enganado cerca de 38,50 milhões de ienes de um homem de 50 anos entre abril e agosto deste ano, apresentando-se como Riri-chan. A análise de sua psicologia ocorrerá na segunda metade do próximo julgamento.

influenciadora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *