Funcionária de creche é presa sob suspeita de furto e venda de produtos no Japão

A mulher é suspeita de ter realizado outros furtos

Funcionária de creche é presa sob suspeita de furto e venda de produtos no Japão
Desbravando o Japão

Receba os posts por email assim que foram publicados

Uma professora de um berçário em Yokohama foi presa, suspeita de furtar cosméticos de uma drogaria na província de Ibaraki. Kiyomi Koyama, tem 50 anos e a principal suspeita de furtar 17 cosméticos e outros itens, no valor de 45.000 ienes, de duas drogarias na província de Ibaraki. 

Outros crimes que recaem sobre a suspeita

De acordo com a polícia, Koyama foi presa em maio deste ano por roubar cosméticos de uma drogaria na província de Yamanashi. Na época, ela possuía cerca de 570 cosméticos em sua casa. Em resposta ao interrogatório, ela afirmou que “vendeu cerca de 2 milhões de ienes em produtos por um aplicativo” e “usou o dinheiro para se sustentar”. A polícia está investigando outras acusações.

suspeita

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também