Governo pede feriado de Ano Novo mais longo para conter a propagação do vírus

Embora o país tenha ultrapassado o pico de novos casos, especialistas que assessoram o Ministério da Saúde, Trabalho e Previdência Social alertaram que o número de infecções está começando a crescer novamente e o feriado do Ano Novo pode piorar as coisas

Governo pede feriado de Ano Novo mais longo para conter a propagação do vírus

O governo japonês pedirá às empresas que estendam o feriado de Ano Novo em cerca de uma semana, em uma tentativa de mitigar a aglomeração de pessoas que visitam parentes ou saem de férias e diminuir o risco de propagação do coronavírus, disse um membro do gabinete.

De acordo com o plano, anunciado por Yasutoshi Nishimura, o ministro encarregado da resposta do governo ao coronavírus, as empresas que normalmente voltariam ao trabalho em 4 de janeiro serão solicitadas a esperar até 12 de janeiro, um dia após o Dia de Maioridade.

Nishimura disse que o pedido será enviado por meio de organizações como a Japan Business Federation, também conhecida como Keidanren, e que os municípios locais também serão solicitados a cooperar com o plano de extensão, que foi discutido em uma reunião do subcomitê do governo na sexta-feira.

O subcomitê também analisou possíveis contramedidas para o Halloween, com alguns membros dizendo que comer e beber na rua deve ser evitado. O distrito de Shibuya, em Tóquio, que geralmente atrai multidões de foliões fantasiados à noite, pediu às pessoas que não viessem este ano devido a preocupações com o COVID-19.