Todo Dia JP – Conteúdo relevante para os brasileiros no Japão – Alguns direito reservados

Ferrovia para o Monte Fuji segue dividindo opiniões

Monte Fuji

Quando se trata de medidas para combater a superlotação turística no Monte Fuji, a província de Yamanashi está avançando com um ambicioso plano ferroviário, mas as opiniões entre as autoridades são divergentes.

Mais acessibilidade ao Monte Fuji

Durante a temporada deste ano, o número de pessoas que escalaram o Monte Fuji pela trilha de Yamanashi chegou a cerca de 160 mil, um aumento de aproximadamente 40% em relação ao ano passado. Além dos desafios relacionados à escalada de ida e volta, o turismo exacerbou as emissões de gases devido aos carros e ônibus que se dirigem à região, além de agravar o problema do descarte inadequado de resíduos.

Monte Fuji

Portanto, a província de Yamanashi encarou o plano ferroviário como uma possível solução. A fim de preservar o Monte Fuji, reconhecido como Patrimônio Cultural da Humanidade, e controlar o fluxo de visitantes, incluindo turistas, acreditam que seja necessária uma reforma abrangente no acesso à Quinta Estação.

Monte Fuji

O plano da ferrovia do Monte Fuji prevê a construção de uma linha férrea que conectaria a base do Monte Fuji à Quinta Estação, seguindo a Rodovia Fuji Subaru, ao longo de aproximadamente 30 quilômetros. O objetivo é regular o tráfego de carros e ônibus, introduzindo também um sistema de trem leve sobre trilhos (LRT) ecologicamente sustentável. O projeto, com um custo total estimado de cerca de 140 bilhões de ienes e uma tarifa de ida e volta de 10 mil ienes, espera atender cerca de 3 milhões de usuários por ano.

Monte Fuji

Entretanto, críticas têm surgido da cidade local de Fujiyoshida. Os residentes acreditam que a proposta da província está tentando angariar apoio público para a ferrovia no Monte Fuji sem uma explicação adequada ou discussão com a comunidade. Eles veem isso como uma postura arrogante da província, que deveria, em vez disso, ouvir diretamente as preocupações da comunidade local e a profunda desconfiança que têm em relação a esse plano. O prefeito Horiuchi se opõe ao plano, não apenas devido aos altos custos envolvidos, mas também por receio de que a natureza do Monte Fuji seja prejudicada e que seja difícil lidar com possíveis desastres.

Monte Fuji

Por outro lado, a cidade vizinha de Fujikawaguchiko demonstra uma atitude acolhedora em relação ao projeto. Eles veem a oportunidade de receber mais visitantes de todo o país e do exterior como uma vantagem, contribuindo para o desenvolvimento do turismo local. Eles enfatizam a importância de realçar o valor do Monte Fuji nesse contexto. Há uma necessidade premente de responsabilidade na comunicação com os residentes e na busca pelo consenso da comunidade.

Monte Fuji

As opiniões dos moradores locais sobre o plano da ferrovia do Monte Fuji são diversas. Alguns acreditam que, a longo prazo, faz sentido utilizar os recursos da província de Yamanashi e da cidade de Fujiyoshida para preservar o Monte Fuji, enquanto outros não veem isso como uma solução desastrosa, desde que os recursos sejam direcionados para a conservação ambiental, mesmo que isso implique gastos adicionais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *