Universidade japonesa estuda cerimônia de formatura via avatares, durante surto de coronavírus

A ideia poderia ser aproveitada em algum momento no futuro, caso as províncias desses formandos entrassem em estado de emergência

Universidade japonesa estuda cerimônia de formatura via avatares, durante surto de coronavírus

Parte da série Coronavírus, em 354 posts

As ordens de permanência em casa devido ao surto de coronavírus fizeram com que a cerimônia de formatura normalmente agendada não fosse possível no Japão. A Business Breakthrough University, no entanto, aproveitou a oportunidade para exibir algumas novas tecnologias quando permitiu que seus alunos participassem de uma cerimônia de formatura por meio de avatares de robôs.

A cerimônia ocorreu no Hotel Grand Palace, em Tóquio, no dia 28 de março. Quatro graduados operaram remotamente os robôs Newme, desenvolvidos pela ANA Holdings para receber certificados de graduação em nome de estudantes, enquanto outros participaram da cerimônia via Zoom. Os avatares robóticos estavam até vestidos em vestidos para a ocasião.

“Quando me matriculei, nunca imaginei que participaria de uma cerimônia de formatura por um avatar que eu controlava”, disse um deles. “Ser capaz de aceitar um diploma em público da minha casa particular é uma experiência nova.”

N16 - 08-04-2020
Foto: Universidade BBT

Leia em Grapee (Inglês)

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *