Funcionário é demitido no Japão por usar taser contra o chefe

taser
,

Anuncie

Um funcionário de 48 anos, que trabalhava no Escritório de Construção da cidade de Osaka, foi demitido como medida disciplinar devido a uma série de atos violentos.

Um taser na reunião

No ano passado, ele pressionou um taser contra seu superior, agrediu-o com um cadeado de bicicleta e jogou água quente em sua direção, causando lesões. Sua insatisfação com o desempenho do superior em lidar com reclamações dos cidadãos motivou essas ações.

taser

Os incidentes ocorreram durante uma reunião em que ambos estavam sozinhos, resultando na renúncia do superior posteriormente. É inaceitável possuir e usar uma arma desse tipo. Esses acontecimentos são lamentáveis, especialmente em meio ao movimento contra assédio no ambiente de trabalho.

taser

Além disso, outro funcionário na mesma sala foi suspenso por três meses devido a repetidas repreensões com linguagem grosseira aos subordinados. Essas atitudes levaram um dos subordinados a se afastar do trabalho por problemas de saúde. A cidade de Osaka afirmou estar comprometida em manter a disciplina no serviço.

Leia também

Assine e receba os posts em seu email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *