Assaltante aponta arma para uma adolescente e ela diz “vai trabalhar!”

O caso aconteceu em Kobe, no mês de maio, mas só agora o assaltante, que ficou com peso na consciência durante o roubo, foi preso

Assaltante aponta arma para uma adolescente e ela diz “vai trabalhar!”

Por volta das 22h, uma mulher de 19 anos estava andando em um estacionamento em uma área residencial da Ala Higashinada de Kobe. No entanto, antes de chegar casa, um homem de 29 anos se aproximou por trás e a rendeu. Isso já é uma coisa bem assustadora, mas as coisas ficaram ainda piores quando a adolescente sentiu o cano de uma arma sendo pressionado contra suas costas. “Passa o dinheiro”, ordenou o homem, mas a mulher não teve vontade de entregar sua carteira.

Em vez disso, ela perguntou ao homem por que ele precisava de dinheiro, ao que ele respondeu: “Não tenho nenhum dinheiro por causa do coronavírus”. Mas nem todos os motivos para o comportamento de uma pessoa contam como uma desculpa válida, então a mulher respondeu: “Que tal se você fosse trabalhar?”

É uma atitude corajosa dar conselhos de vida não solicitados a alguém quando se tem uma arma apontada à queima-roupa para você, mas as palavras da mulher aparentemente tiveram peso suficiente para fazer o homem reconsiderar seus métodos de obtenção de recursos financeiros, que a liberou e saiu correndo do local.

Mas sua fuga acabou sendo apenas temporária, já que oficiais da província de Hyogo prenderam o homem após uma investigação na qual puderam determinar sua identidade por meio de câmeras de vigilância. O homem admitiu as acusações. A arma que ele usou era uma arma de ar comprimido.

Veja também

Assine nossa newsletter