Coronavírus é transmissível entre gatos domésticos, aponta estudo Japão-EUA

O estudo disse que, embora não haja evidências de que o vírus seja transmitido de gatos para humanos, é necessário entender melhor o papel potencial dos animais de estimação na pandemia

Coronavírus é transmissível entre gatos domésticos, aponta estudo Japão-EUA

Parte da série Coronavírus, em 354 posts

O COVID-19 pode ser transmitido entre gatos domésticos, mesmo que os gatos infectados não apresentem sintomas, de acordo com uma equipe de pesquisadores das Universidades de Tóquio e de Wisconsin-Madison. Eles publicaram suas descobertas on-line no New England Journal of Medicine (leia o artigo aqui).

Yoshihiro Kawaoka, veterinário e professor da equipe de pesquisa, recomenda que os donos de gatos mantenham seus animais de estimação em ambientes fechados, pois eles podem contrair o vírus sem que o proprietário esteja ciente.

Os gatos infectados foram alojados com um gato não infectado. Em cinco dias, os gatos não infectados apresentaram resultado positivo para o vírus através de zaragatoas nasais. Exames de sangue mostraram que eles produziram anticorpos por 24 dias após o primeiro teste positivo. Todos os seis gatos mantiveram a temperatura corporal, peso e comportamento normal ao longo do experimento e nenhum apresentou sintomas do vírus, de acordo com a equipe de pesquisa.

É mais provável que os seres humanos estejam passando o vírus aos seus animais de estimação, em vez dos animais causarem doenças, de acordo com os pesquisadores.

N50 - 22-05-2020

Leia em Japan Times (Inglês)

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *