Cogumelo requintado do Japão, Matsutake, tem sequenciamento genético completado e o cultivo pode salvá-lo da extinção

Anuncie

Um grupo de pesquisa japonês concluiu a decodificação do sequenciamento genético do cogumelo Matsutake, um ingrediente gourmet de luxo.

O Matsutake mais acessível no futuro

Essa conquista abre caminho para o cultivo artificial, um desafio até então considerado impossível. A equipe de pesquisa conjunta do Instituto DeNA de Kamogawa, na província de Chiba, foi responsável por decodificar todas as informações genéticas desse cogumelo, amplamente conhecido como ingrediente da alta gastronomia japonesa durante o outono. Os pesquisadores estão entusiasmados com essa incrível conquista.

Matsutake

Nos últimos anos, o Matsutake tem enfrentado uma diminuição na colheita devido à deterioração de seu habitat e outros fatores. Em 2020, o Matsutake foi designado como uma espécie ameaçada de extinção pela União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN). Considerando as mudanças ambientais em curso, é importante pensar em meios para criar um ambiente propício ao cultivo do Matsutake.

Matsutake

Embora ainda haja muitos mistérios em torno do crescimento desse cogumelo, os especialistas esperam que o conhecimento do seu sequenciamento genético ajude a desvendar esses segredos e permita o seu cultivo em larga escala, o que poderia torná-lo mais acessível em termos de custo. O professor Shirasawa, líder da equipe de pesquisa, expressou seu interesse em adquiri-lo se os preços diminuírem como resultado desses avanços na pesquisa. Num futuro próximo, talvez chegue o dia em que o Matsutake esteja ao alcance de todos.

Matsutake

Assine e receba os posts em seu email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *