Única pessoa a ganhar um processo judicial contra a NHK, é condenada a pagar a taxa

O advogado da mulher de Tóquio relatou sua intenção de entrar com um recurso contra a decisão favorável a NHK

Única pessoa a ganhar um processo judicial contra a NHK, é condenada a pagar a taxa

Nada é mais irritante do que abrir a porta para um cobrador de taxas de licenciamento da NHK, a emissora pública japonesa. Famosos por sua persistência, os cobradores da NHK são universalmente desprezados. Na verdade, muitas pessoas descobriram uma variedade de maneiras para evitar pagar as taxas tecnicamente exigidas, que podem custar até 24.800 ienes por ano. Alguns indivíduos chegaram mesmo a contestar os honorários da organização de radiodifusão em tribunal. 

Não há muitas histórias de sucesso nos tribunais contra a emissora, mas pela primeira vez, no verão de 2020, uma mulher de Tóquio conseguiu evitar o pagamento das taxas obrigatórias. Embora o tribunal inicialmente tenha decidido a favor dela e o caso tenha sido visto como uma vitória importante contra o alcance da NHK, no dia 24 de fevereiro, a mais alta corte de Tóquio anulou a decisão histórica.

A razão? Originalmente, o argumento que venceu o caso destacou que a televisão dela tinha um bloqueador de sinal pré-instalado e não se poderia esperar que um cidadão comum soubesse como desinstalar. No entanto, a nova decisão agora argumenta que tecnicamente a televisão da mulher poderia ter um amplificador de sinal instalado, sendo esse o motivo da reviravolta.