Turistas caíram 98,3% em janeiro, registrando queda pelo 16º mês consecutivo

A queda no número de turistas se acentuou devido a pandemia

Turistas caíram 98,3% em janeiro, registrando queda pelo 16º mês consecutivo

O número estimado de visitantes estrangeiros ao Japão caiu 98,3% em janeiro em relação ao ano anterior para 46.500, queda pelo 16º mês consecutivo, depois que o país suspendeu a entrada de todos os estrangeiros não residentes devido a um aumento nos casos de coronavírus, segundo dados do governo. O número também marcou uma queda em relação ao mês anterior pela primeira vez em oito meses, de acordo com a Agência de Turismo do Japão.

O número de visitantes tem vindo a aumentar desde Junho passado, com o abrandamento gradual das restrições de entrada, principalmente para empresários. Mas a suspensão desse tratamento especial prejudicou a tendência de recuperação.

No mês do relatório, os visitantes do Vietnã representaram quase metade das chegadas, com 20.000, uma queda de 60,3%. Muitos estagiários técnicos do país entraram no Japão antes que o governo japonês suspendesse a entrada de todos os estrangeiros não residentes em meados de janeiro, disse a agência.

Os da China ficaram em segundo lugar, totalizando 10.200, queda de 98,9%, seguidos por 2.500 da Coreia do Sul, queda de 99,2%. O número de visitantes inclui expatriados e suas famílias entrando ou reentrando no Japão, bem como estudantes internacionais. Tripulação aérea e residentes permanentes estão excluídos. Enquanto isso, o número de japoneses deixando o país caiu 96,5%, para 48.700.

Veja também

Assine nossa newsletter