Scanner termográfico compacto está à venda ao público em geral

A imagem termográfica, por meio de câmeras, scanners ou outros dispositivos, é uma importante tecnologia de triagem que foi organizada na luta contra o novo coronavírus

Scanner termográfico compacto está à venda ao público em geral
Desbravando o Japão

Parte da série Coronavírus, em 356 posts

Talvez você já tenha visto esses dispositivos instalados em aeroportos, lojas ou edifícios comerciais, monitorando a temperatura corporal de clientes ou visitantes para verificar se há sinais de temperatura elevada. De acordo com as diretrizes emitidas pelo governo japonês, qualquer pessoa com temperatura acima de 37,5°C por mais de quatro dias consecutivos deve ser testada quanto ao coronavírus.

Feito pela Pebble Corporation Inc., com sede em Tóquio, o Thermogate Zero já vendeu mais de 3.000 unidades desde 1º de julho na primeira execução de pedidos particulares e agora está disponível para venda ao público em geral. Devido ao seu tamanho compacto, pode ser facilmente adaptado a várias situações como ser montado na porta, com o suporte de parede e de mesa, dependendo da necessidade. Não requer instalação. Basta conectar os ímãs com fita dupla face e você estará pronto para começar. Não são necessários acessórios caros ou suportes dedicados.

O Thermogate Zero está equipado com um sensor de temperatura sem contato confiável, fabricado pela OMRON, um fabricante global de equipamentos médicos e de saúde. Quando detecta uma temperatura definida de 37,5 graus ou mais, o LED do terminal acende e um alarme soa.

O preço é acessível de ¥ 29.800 por unidade (sem impostos). Como o Thermogate Zero se concentra exclusivamente na função de detecção da temperatura corporal, a Pebble Corporation conseguiu desenvolver o dispositivo em um período relativamente curto de tempo e manter o preço baixo. A esse preço, você pode instalar várias unidades e implementar medidas de segurança mais fortes. Você pode encomendar o seu pelo site.

Leia em Grapee (Ben K. - Inglês)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também