Revezamento da tocha Olímpica irá adicionar outra cidade de Fukushima

A etapa do revezamento no Japão começará em 26 de março de 2020, duas semanas após a cerimônia de acendimento da chama na Grécia e transportará a tocha pelas 47 prefeituras do país durante um período de 121 dias

Revezamento da tocha Olímpica irá adicionar outra cidade de Fukushima

Parte da série Olimpíadas de Tóquio, em 51 posts

O revezamento da tocha dos Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020 provavelmente passará pela cidade de Futaba, que abriga a usina nuclear de Fukushima Daiichi, no nordeste do Japão, enquanto o governo planeja suspender a ordem de evacuação obrigatória para a cidade no dia 4 de março.

A cidade de Okuma, co-anfitrião da usina nuclear, já estava incluída no primeiro dia do revezamento da tocha. A Prefeitura de Fukushima pretende destacar no cenário global sua reconstrução após o pior acidente nuclear do mundo desde Chernobyl, em 1986.

Os organizadores anunciaram em julho de 2018 que Fukushima seria o ponto de partida para o revezamento da tocha no país. Em março passado, Yoshiro Mori, presidente do comitê organizador, revelou que o revezamento começaria a cerca de 20 quilômetros da fábrica de Fukushima, no centro nacional de treinamento de futebol J-Village, usado como base operacional para lidar com a crise nuclear.

A tocha olímpica chegará ao Japão em 20 de março e a chama será levada para o Parque Memorial de Recuperação de Tsunami de Ishinomaki Minamihama em Ishinomaki, na província de Miyagi.

N10 - 06-02-2020
Foto: Kyodo News

Leia em Kyodo News (Inglês)

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *