Pesquisa diz que a maioria dos consumidores permanecerá utilizando o Cashless quando o programa de descontos terminar

O esquema de pontos também foi projetado para promover transações sem dinheiro no Japão, que fica atrás de outros países, incluindo vizinhos próximos China e Coréia do Sul

Pesquisa diz que a maioria dos consumidores permanecerá utilizando o Cashless quando o programa de descontos terminar
Foto: Kyodo News

Mais de 86% dos consumidores japoneses planejam continuar fazendo compras sem dinheiro, mesmo após a conclusão do sistema de descontos baseado em pontos do governo em junho, mostrou um estudo recente de uma empresa de pesquisa de marketing com sede em Tóquio.

Os entrevistados citaram os programas de conveniência e de cartão de crédito por sua decisão, de acordo com um estudo on-line realizado pela General Research Inc., que entrevistou 1.060 usuários de pagamento Cashless, entre 20 e 60 anos.

O governo japonês implementou o programa de pontos de recompensa para pagamentos sem dinheiro, a fim de incentivar o consumo e amortecer os efeitos negativos de seu aumento de dois pontos nos impostos sobre vendas para 10% em outubro passado. As taxas de desconto situam-se em 5% nas lojas pequenas e médias e 2% nas principais cadeias de lojas, incluindo lojas de conveniência. O governo espera que as transações sem dinheiro representem 40% do total no Japão até 2025.

Um número esmagador de 96,2% das pessoas na faixa dos 60 anos disse usar cartões de crédito, comparado a 75% das pessoas na faixa dos 20 anos. Os cartões IC, como os cartões Suica e Pasmo, e os pagamentos por smartphone, são mais populares entre os consumidores mais jovens, com cerca da metade daqueles entre 20 e 30 anos usando esses cartões e um aplicativo para smartphone.

N09 - 05-02-2020
Foto: Kyodo News