Restaurante em Tóquio serve sushi fitoterápico

O restaurante, que emprega apenas mulheres como chefs, conta com ingredientes usados ​​em pratos medicinais nas coberturas de sushi ou no arroz

Restaurante em Tóquio serve sushi fitoterápico
Desbravando o Japão

Um restaurante de sushi no distrito de Akihabara, em Tóquio, apresentou uma nova abordagem ao sushi, temperando a comida com ingredientes usados ​​na culinária medicinal, como canela e pinhões a partir deste mês. “Ao celebrarmos nosso 10º aniversário no outono deste ano, queremos nos desviar dos conceitos tradicionais e servir sushi que seja divertido de se olhar, mas com foco no aspecto da saúde”, disse Yuki Chizui, gerente do restaurante, em um momento em que o local passa por momentos difíceis devido à nova epidemia de coronavírus.

Como opção do menu, uma pasta à base de cinco especiarias em pó é servida em cima do atum ou sushi de cauda amarela. O aroma picante da guarnição ajuda a mascarar o cheiro de peixe cru, de acordo com o gerente. O restaurante mistura pinhões e folhas desfiadas de perilla com azeite, antes de colocar a mistura em cima do sushi de peixes de dorso azul, incluindo carapau e sardinha.

Também utiliza pimenta em pó shichimi, incluindo casca de laranja para sushi com um sabor refrescante, como o sushi de polvo. Além disso, o restaurante está trabalhando em um plano para criar peixes que são alimentados com ração contendo fitoterápicos.

A empresa planeja oferecer até o final deste ano sushi com salmão alimentado com fitoterápicos, criado com a cooperação de aquicultores de Hokkaido. O restaurante está desenvolvendo fatias de salmão em conserva marinadas em pasta de missô, misturadas com ingredientes medicinais. Ambos os produtos estão sendo desenvolvidos com a associação turística local. “Esperamos promover os produtos como especialidades de Akihabara e aumentar nossos canais de vendas”, disse Chizui.

Leia em Japan Times (Inglês)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também