Mosca-das-frutas oriental, uma vez erradicadas do Japão, reaparecem e preocupam especialistas

A mosca que danifica mangas, pimentões e outras plantações, ressurgiu no Japão depois de serem erradicadas na década de 1980, com dezenas delas encontradas em Tóquio e em seis outras províncias desde abril

Mosca-das-frutas oriental, uma vez erradicadas do Japão, reaparecem e preocupam especialistas
Desbravando o Japão

A mosca da fruta oriental mede cerca de 7 milímetros de comprimento e põe mais de 10 ovos por vez dentro de frutas e vegetais, estragando-os. O Japão já havia conseguido se livrar dos insetos em 1986. Eles ressurgiram novamente na ilha Amami Oshima, na província de Kagoshima, no sudoeste do Japão, em 2015, e foram novamente erradicados em 2016.

De acordo com a Estação de Proteção de Plantas de Moji na cidade de Kitakyushu, também no sudoeste do Japão, acredita-se que as moscas-das-frutas oriental que foram recentemente capturadas no Japão tenham voado da China e do Sudeste Asiático, ajudadas por frentes climáticas estacionárias e outras condições.

Oitenta e quatro das pragas foram capturadas em 18 municípios da província de Kagoshima, no sudoeste do Japão, enquanto cinco delas apareceram na cidade de Amakusa, na vizinha província de Kumamoto. O primeiro – e até agora o único – caso na prefeitura de Miyazaki, também no sudoeste do Japão, foi confirmado em 17 de agosto, após uma armadilha ser armada no porto de pesca de Miyanoura, na cidade de Kushima. O governo da província está investigando se houve algum dano às frutas ao redor do porto.

Leia em The Mainichi (Inglês)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também