Comportamento > Japonês é preso, acusado de fazer ritual amaldiçoando presidente russo

Japonês é preso, acusado de fazer ritual amaldiçoando presidente russo

O homem foi preso por fazer o ritual dentro do terreno de um templo

Japonês é preso, acusado de fazer ritual amaldiçoando presidente russo
Desbravando o Japão

Receba os posts por email assim que foram publicados

Mitsunobu Hino (72) foi preso por ter invadido um santuário na cidade de Matsudo, em Chiba. Sobre ele ainda recai a suspeita de ter feito um ritual, amaldiçoando o presidente Vladimir Putin.

Um ritual antigo e obscuro

Segundo a polícia, ele colocou um wara ningyo, um boneco de palha, com uma foto do presidente na shinboku, a árvore sagrada do templo. Uma câmera de segurança do santuário capturou Hino, no dia que visitou o local.

ritual

Inclusive, é possível ver a boneca de palha na sua bolsa. A maldição com um wara ningyo é uma das muitas tradições que permeiam a cultura japonesa. Nela, uma pessoa pode receber uma maldição de sofrimento ou de morte. 

ritual

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também