Tóquio planeja medida de gastos emergenciais de 800 bilhões de ienes

O governo de Tóquio planeja enviar uma conta orçamentária suplementar de 357 bilhões de ienes para uma sessão de emergência

Tóquio planeja medida de gastos emergenciais de 800 bilhões de ienes

A governadora de Tóquio, Yuriko Koike, disse que a capital do país preparará um pacote de emergência de 800 bilhões de ienes em resposta ao surto de COVID-19. O pacote de ajuda será “muito maior do que” o compilado após o choque de Lehman em 2008, durante a crise financeira global e o terremoto e tsunami de março de 2011, que devastou grande parte do país, disse a governadora em entrevista coletiva no Escritório do Governo Metropolitano de Tóquio.

Se aprovada, Tóquio gastará 145,5 bilhões de ienes no esforço para impedir a propagação do vírus, incluindo a oferta de ajuda financeira de 500.000 a 1 milhão de ienes para pequenas empresas, como restaurantes, que aderiram ao pedido da cidade de reduzir voluntariamente ou interromper suas operações. Também fornecerá às instituições médicas e escolas suprimentos, como máscaras, álcool e termômetros.

Koike também disse que Tóquio criará um centro de aconselhamento que presta assistência em 14 idiomas para cidadãos estrangeiros em Tóquio que enfrentam problemas ou que têm preocupações em relação ao vírus. Além disso, o governo metropolitano destinará cerca de ¥ 200 bilhões em empréstimos com juros zero para pequenas e médias empresas para ajudar a sustentar e promover a atividade econômica. A medida, por exemplo, ajudaria os restaurantes que desejam fortalecer suas operações de entrega.

Tóquio também está lutando para identificar rotas de infecção. O governo metropolitano disse na terça-feira que não conseguiu identificar as rotas de transmissão de 105 infecções entre 161 novos casos relatados no dia. Provavelmente ainda levará mais uma semana para ver se a declaração de um estado de emergência para Tóquio e seis outras prefeituras do governo central está ajudando a desacelerar a propagação do vírus.

N42 - 17-04-2020
A governadora de Tóquio, Yuriko Koike, participa de uma entrevista coletiva na quarta-feira no escritório do governo metropolitano de Tóquio
Foto: KYODO

Veja também

Assine nossa newsletter