Okinawa pede que 60.000 viagens reservadas sejam canceladas

O governador da província espera mudar a opinião dos turistas, enquanto o Japão está sob Estado de Emergência Nacional, para controlar a propagação do novo coronavírus

Okinawa pede que 60.000 viagens reservadas sejam canceladas

Enquanto Okinawa normalmente daria boas-vindas aos turistas de braços abertos durante o feriado de Golden Week, o governador Denny Tamaki está pedindo para que os turistas não venham este ano.

Assustado e alarmado com o fato de que ainda se espera que milhares de pessoas viajem para a província da ilha mais ao sul, Tamaki postou em 26 de abril uma mensagem no Twitter suplicando: “Por favor, cancele sua viagem a Okinawa agora. Lamento dizer isso, mas Okinawa está em Estado de Emergência”, escreveu Tamaki. “Não há como oferecer o melhor omotenashi (hospitalidade).”

O governador citou uma estimativa, com base nos dados de reserva das companhias aéreas, de que há aproximadamente 60.000 turistas que reservaram um voo para Okinawa durante o feriado prolongado desse ano. Tamaki está particularmente preocupado com o ônus que os visitantes representam para os sistemas locais de saúde.

“Os sistemas médicos da província, incluindo aqueles em ilhas remotas, também estão enfrentando uma situação de emergência”, disse ele. “Sua visita deve esperar até que estejamos prontos para aceitar visitantes, por favor”.

N66 - 29-04-2020
O governador de Okinawa, Denny Tamaki
Foto: Okinawa Times

Veja também

Assine nossa newsletter