Suspeita de vandalismo em castelo do século 16

Danos semelhantes foram relatados no Castelo de Matsuyama e no Castelo de Kochi – também no oeste do Japão – no início deste mês

Suspeita de vandalismo em castelo do século 16

Foram encontrados cortes em 30 pontos dentro do Castelo de Okayama, incluindo a torre de observação da lua – uma importante propriedade cultural designada nacionalmente – e a torre de menagem, anunciou o governo da cidade de Okayama em 19 de janeiro.

As autoridades acreditam que o dano foi causado deliberadamente e a cidade entrou com um relatório na polícia. A Delegacia de Polícia de Okayama Chuo da Polícia da Província de Okayama iniciará uma investigação sobre o caso como uma violação suspeita da Lei de Proteção de Bens Culturais.

Os arranhões foram encontrados em 23 locais dentro da torre de menagem do castelo, três locais na torre de observação da lua e dois locais em cada um dos portões do castelo, de acordo com a cidade e outras fontes. O maior corte na torre de observação da lua mede cerca de 1,2 metros e os arranhões em duas linhas paralelas que lembram o caractere kanji do número dois foram descobertos na moldura de madeira da entrada.

Os trabalhadores da limpeza notaram um arranhão em uma vitrine do castelo na manhã no dia 18 de janeiro. A equipe do castelo posteriormente conduziu inspeções e identificou outros arranhões e contatou os funcionários municipais que supervisionavam a propriedade. O diretor do castelo de Okayama, Takao Inamoto, disse: “É lamentável que o símbolo de Okayama tenha sido danificado. Não consigo entender o que eles estavam pensando quando fizeram isso.”