Multidões voltam para os arredores de Osaka, após medidas antivírus diminuírem

Especialistas temem que o cancelamento de fechamento antecipado para bares em outras áreas da cidade possa ajudar a espalhar novos casos de infecções para outras regiões da província

Multidões voltam para os arredores de Osaka, após medidas antivírus diminuírem

As pessoas estão voltando para os distritos de entretenimento fora da cidade de Osaka, agora que o Estado de Emergência foi suspenso e os pedidos para que bares e restaurantes fechem mais cedo também foram retirados em algumas áreas. As ruas da cidade de Suita, província de Osaka, estavam mais uma vez lotadas em frente à Estação Esaka na Linha Midosuji do Osaka Metro Co. no dia 1º de março.

A cidade está entre as áreas mais visadas pelo pedido da província para que restaurantes e bares fechem mais cedo e muitas pessoas foram vistas indo para os pubs izakaya da estação mesmo após 20h. Um restaurante de frutos do mar em frente à estação voltou a funcionar até meia-noite pela primeira vez em cerca de três meses.

O número de novos casos de COVID-19 na cidade de Osaka parou de aumentar uma semana depois de 27 de novembro do ano passado, quando a província de Osaka começou a pedir aos estabelecimentos que servem álcool nos bairros de Kita e Chuo da cidade que fechassem mais cedo.

O governo central suspendeu o Estado de Emergência no dia 1º de março, o segundo desde a primavera passada, para Osaka, Quioto, Hyogo e três outras províncias uma semana antes do planejado. No entanto, a medida continua em vigor para Tóquio e três províncias vizinhas.