Ministro da Solidão do Japão recebe uma enxurrada de pedidos para entrevistas da mídia estrangeira

O Ministro da Solidão japonês diz que ele é apenas o segundo em tal cargo em todo o mundo

Ministro da Solidão do Japão recebe uma enxurrada de pedidos para entrevistas da mídia estrangeira

Nova pasta ministerial japonesa – Ministério da Solidão

O ministro da solidão do Japão tem atraído muita atenção da mídia fora do país, que está ansiosa para saber exatamente o que seu trabalho envolve e se ele terá sucesso.

Tetsushi Sakamoto, responsável por lidar com problemas de solidão e isolamento, recebeu uma enxurrada de pedidos de entrevista desde que assumiu o cargo em fevereiro.

No ano de 2020, houve um aumento no número de suicídios em meio à pandemia e o Japão precisou tomar diversas medidas para ajudar sua população a enfrentar a solidão.

Ministro da solidão
O Ministro da Solidão do Japão tem chamado atenção da mídia estrangeira

Desde março, ele foi entrevistado por repórteres da Rússia, Espanha, Coreia do Sul e participou de um programa com a mídia dos EUA no dia 27 de abril. A imprensa Indiana também já demonstrou interesse em falar com ele.

As perguntas ao Ministro da Solidão

“Todos os países enfrentaram problemas (relacionados à solidão), embora a gravidade deles seja diferente em todo o mundo”, disse o ministro. “Eles estão interessados ​​em como o Japão está tentando resolver o problema por meio de tentativa e erro”.

Um repórter da estação sul-coreana KBS TV, que entrevistou Sakamoto, disse ao The Asahi Shimbun: “Mortes solitárias se tornaram um problema até mesmo na Coreia do Sul, então os esforços japoneses seriam um espelho para meu país”. 

“Eu queria fazer perguntas sobre o sentimento de crise do Japão que o levou a criar uma pasta ministerial e os preparativos para nomear o Ministro da Solidão e estabelecer uma organização dedicada”, disse o repórter. 

Jornalistas estrangeiros, com suas próprias questões domésticas em mente, pediram a ele para responder a inúmeras perguntas sobre a abordagem do Japão para lidar com a solidão e isolamento, incluindo:  “Por que foi estabelecido o cargo de ministro da solidão?”, “Qual é a definição de solidão e isolamento no Japão? ” e “Qual é o histórico do problema?” 

“A questão da morte solitária é realmente séria no Japão, o que pode ser entendido pelo fato de que há uma palavra em japonês para isso, kodokushi, que está sendo usada como uma palavra também inglês”, disse Junko Okamoto, especialista em problemas de solidão e isolamento. “O Japão está sendo observado de perto para saber quais medidas tomará para resolver o problema.”

Leia também: Robôs preencherão o vazio no mundo pós-coronavírus?

Levantamento sobre a solidão e o isolamento

O governo pretende realizar um levantamento para conhecer a situação atual do país sobre a solidão e o isolamento, cujos resultados serão divulgados até o final de março de 2022.

O primeiro-ministro Yoshihide Suga nomeou Sakamoto para o cargo de Ministro da Solidão em fevereiro para combater as questões do agravamento da solidão e do isolamento devido à pandemia do coronavírus, e uma seção recém-criada do Secretariado do Gabinete foi dedicada a esse propósito.

De acordo com a seção, em 2018, Teresa May, então primeira-ministra da Grã-Bretanha, constituiu a primeira ministra do mundo especializada em questões de solidão e isolamento.

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *