Japão proíbe novas entradas de estrangeiros após a chegada da variante do vírus

A nova variedade aumenta as preocupações sobre um aumento nos casos, já que Tóquio relatou outro aumento recorde no sábado

Japão proíbe novas entradas de estrangeiros após a chegada da variante do vírus
Desbravando o Japão

Parte da série Coronavírus, em 356 posts

O Japão vai proibir temporariamente a entrada de estrangeiros não residentes no país, uma vez que restringe suas fronteiras novamente após a detecção de uma nova variante altamente infecciosa do coronavírus. A proibição entrou em vigor no dia 28 de dezembro e durará até janeiro, disse o governo em um comunicado por e-mail.

Cidadãos japoneses e residentes estrangeiros terão permissão para entrar, mas devem apresentar prova de um teste de coronavírus negativo 72 horas antes de partir para o Japão e devem ficar em quarentena por duas semanas após a chegada, disse o comunicado.

O Japão relatou na sexta-feira seus primeiros casos de uma variante de rápida disseminação em passageiros que chegam da Grã-Bretanha. A nova variante também foi detectada em um homem que visitou o Reino Unido e em um membro da família – os primeiros casos de pessoas infectadas encontrados fora dos controles do aeroporto – informou a Nippon TV no sábado.

Leia em Reuters (Inglês)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também