Japão considera entrada de viajantes a negócios sem quarentena para permanência de até 72 horas

Para poder ingressar no Japão, os viajantes e seus países devem atender a certas condições

Japão considera entrada de viajantes a negócios sem quarentena para permanência de até 72 horas

Parte da série Coronavírus, em 356 posts

O governo japonês está considerando um novo programa que permitiria aos viajantes a negócios entrar no Japão, sem a necessidade  do período de quarentena de duas semanas, se eles permanecerem no país por menos de 72 horas. Este é um período mais curto do que a permissão de entrada disponível para viajantes a negócios da Tailândia, Coreia e outros países próximos, mas a permissão de 72 horas estaria disponível para viajantes de cerca de 30 países.

A entrada viria com algumas condições, incluindo um teste PCR na chegada ao aeroporto no Japão para confirmar a ausência de infecção por coronavírus, apresentar um documento por escrito descrevendo suas atividades planejadas e local de hospedagem para sua estada no Japão, também serão obrigados a evitar o uso de transporte público durante esse período. Outras atividades que não a de negócios não são permitidas.

A elegibilidade das nações para que seus cidadãos recebam a permissão de 72 horas dependeria de sua situação mediante o coronavírus, sendo qualificados apenas os países onde os números de infecções são considerados “sob controle”. Com esse critério, analistas consideram improvável que os EUA ou a Índia sejam incluídos no lote inicial de países aprovados.

Leia em Sora News (Inglês)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jaqueline Kuriu

Jaqueline Kuriu é praticante de Kyudo, a arqueria tradicional japonesa, e estudante de japonês. Atualmente mora em Tóquio, mas nasceu em Curitiba, onde se formou em Educação Física pela UFPR. Trabalhou com dança e atividades culturais, e realizou palestras sobre arte, música, cultura e viagens.

Veja também