Homem é preso por causar acidente com skate elétrico

Se skate já era mal visto nas ruas japonesas, imagine os elétricos

Homem é preso por causar acidente com skate elétrico

A Polícia da Província de Aichi enviou a intimação a um trabalhador da cidade de Nagoya, sob suspeita de violação da Lei de Trânsito, alegando que ele colidiu com um carro de passageiros em um skate elétrico. O homem disse que sabia que não era permitido andar com o veículo nas vias públicas. Essa é a primeira vez em Aichi que alguém é preso por andar com um skate elétrico.

O acidente aconteceu no dia 2 de setembro do ano passado, quando o homem entrou em um cruzamento, enquanto dirigia em uma rua do bairro de Naka, e colidiu com um carro virando à direita. Ninguém ficou ferido. A polícia municipal determina que skates elétricos são classificados como “carros comuns” e devem seguir as mesmas leis de trânsito, já que o equipamento tem velocidade máxima de cerca de 45 km/h.

Quando surgiu o skate elétrico

Em meados de 2002, surgiu do primeira prancha elétrica na Califórnia. Embora altamente inovador e versátil, os modelos antigos de skates elétricos ainda apresentam problemas relacionados ao peso, autonomia e resistência. Uma grande reclamação dos consumidores. No Japão, apesar das limitações e restrições da Lei de Trânsito, existem modelos cujos preços variam de ¥5mil à ¥170 mil.

skate

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *