Homem entra disfarçado de “trabalhador” e rouba 10 milhões de ienes de restaurante

Estava esse tempo todo fazendo disfarçado e não sabia. Já pensou se a moda pega no cosplay?

Homem entra disfarçado de “trabalhador” e rouba 10 milhões de ienes de restaurante

Uma pessoa disfarçada com roupas de trabalho, foi flagrada pelo circuito interno de segurança de um prédio na cidade de Nagoya, em Aichi. Ao entrar no elevador, o ladrão chega até a enrolar a toalha em volta do pescoço. No 7º andar, o bandido percebeu que iria precisar de uma lanterna, ligando para seu comparsa. Após voltar do elevador, o suspeito invadiu o restaurante usando uma chave escondida no local. O gatuno deixou o prédio com a maleta bem tranquilo, sem levantar qualquer suspeita. O dono do restaurante disse que seu negócio estava fechado devido ao Estado de Emergência e que o dinheiro, cerca de 10 maços de 1 milhão de ienes, seriam usados em um investimento. 

Porque ele estava disfarçado de trabalhador

No Japão, uniformes de trabalho são padronizados e podem ser comprados em qualquer loja especializada. Para trabalhos que realizados em fábricas, canteiros de obras, negócios de rua, existe um termo especifico: 現場Genba. Esse termo significa “o lugar real” e quando relacionado ao trabalho, pode ser traduzido como “o local onde valor é criado”. O termo é amplamente usado e não se restringe apenas a essas situações. Por exemplo, detetives chamam a cena do crime de Genba e repórteres da TV podem se referir a si mesmos como repórteres de Genba. Dessa maneira, como o ladrão vestia roupas de Genba, ele foi classificado como “disfarçado de trabalhador”.

disfarça

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *