Falências chegam a 1.200 por causa coronavírus no Japão

Pesquisas alertam que mais empresas podem ir à falência, caso terminem os programas de apoio financeiro do governo para empresas que atendam aos pedidos de redução de horas

Falências chegam a 1.200 por causa coronavírus no Japão

Uma empresa de pesquisa de crédito diz que 1.200 empresas no Japão faliram desde fevereiro do ano passado, devido ao impacto da pandemia do coronavírus.

A Teikoku Databank diz que o número cobre empresas e proprietários de negócios privados que entraram com pedido de falência ou suspenderam as atividades comerciais para iniciar procedimentos de liquidação legal.

Bares e restaurantes lideram a lista de indústrias com 195 casos, seguidas por construtoras com 104 e hotéis e pousadas com 84. Por província, Tóquio teve 287 falências, Osaka teve 113 e Kanagawa 69.

A Teikoku Databank diz que embora o Estado de Emergência do coronavírus tenha sido suspenso, bares e restaurantes são solicitados a continuar operando por menos horas, então é improvável que suas vendas apresentem uma recuperação acentuada.

Veja também

Assine nossa newsletter