Exercícios para quem odeia exercícios – parte 2

Se você não gosta de fazer exercícios, fizemos mais uma parte para te mostrar que é possível

Exercícios para quem odeia exercícios – parte 2
Yumi Saito Consultoria

O objetivo do artigo Exercícios para quem odeia exercícios é ajudar as pessoas que não gostam de se exercitar, mas sabem que precisam por algum motivo, seja por uma recomendação médica, por mais saúde ou estética.

Tendo em vista que o sedentarismo, mais do que a obesidade, aparece como uma das principais causas de doenças cardiovasculares, sendo responsável por matar duas vezes mais que o excesso de peso, parece que não há outra maneira de mudar esse quadro a não ser a prática regular de atividades físicas. Dar o primeiro passo é difícil, porém se seguir as sugestões do artigo, que é a continuidade de exercícios para quem odeia exercícios, terá mais clareza e razões para agir, afinal você merece esse autocuidado. Então, confira.

Reescreva as experiências negativas do passado

Talvez você não teve uma boa experiência na educação física escolar, ou um trauma, ou tenha sentido vergonha ao frequentar uma academia de ginástica. Saiba que o passado não define o futuro.

Muitas pessoas se encontram em atividades variadas. Por exemplo, há casos de alunos e de pessoas que conheço que não gostavam de ir à academia, por isso não faziam exercícios. Mas o problema não eram os exercícios propriamente ditos, e sim o ambiente. Então despertaram o gosto pela prática em um estúdio com personal trainer, em um box de cross fit ou em casa fazendo uma rotina personalizada de exercícios.

Exercício não precisa ser perda de tempo

Se você pensa que precisa ir para uma academia, se exercitar por duas horas, tomar banho e voltar, realmente demanda muito tempo. No entanto, fazer uma rotina de exercícios eficientes não precisa de todo esse tempo. Isso pode ser resolvido em 15 minutos, dentro de casa.

Outra opção, para quem não tem problemas em frequentar academia, é automatizar essa tarefa. Por exemplo, ir treinar depois do trabalho. Se for assim, prepare a mochila no dia anterior e leve-a, para que não precise voltar em casa e correr o risco de ficar por lá.

Há tempo suficiente para se exercitar

Embora sejamos muito ocupados, existem pessoas mais ocupadas que nós que se exercitam e fazem acontecer. Por isso, reconheça a falta de tempo, como falta de prioridade. Os feeds infinitos das redes sociais ou vídeos “mais recentes”, certamente duram o mesmo tempo, ou até mais, que uma boa sessão de exercícios físicos. Refletir sobre como está usando o precioso tempo é dar ao corpo uma chance de prosperar.

Por fim, se você quiser incluir a prática regular de atividades físicas em sua vida, pare de vê-la como algo que tira o seu tempo. Ao contrário, por meio dos exercícios você ganha. Ganha mais saúde, mais anos de vida, disposição para brincar com seus filhos ou netos, mais foco nos estudos e no trabalho.

Pensando dessa forma, os exercícios terão um espaço especial na sua vida. Para simplificar, na prática, entrar em uma consultoria de condicionamento físico ou contratar um personal trainer o ajudará a encontrar uma rotina de treinamento interessante.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Yumi Saito

Fundadora de YUMI SAITO SPORTS LIFE & CONSULTORIA, é professora de Educação física, especializada em educação especial. Tem 11 anos de experiência em treinamento de grupos especiais e educação física escolar.

Veja também