Coruja “macho” bota ovo em zoológico no Japão

As corujas-das-torres habitam várias partes do mundo, incluindo Europa, Oriente Médio e África, e são conhecidas por seu rosto em forma de coração

Coruja “macho” bota ovo em zoológico no Japão

Uma coruja-das-torres de 4 anos no zoológico de Tokuyama, na cidade de mesmo nome, que era considerada macho após confirmação por teste de DNA, revelou ser fêmea após o tratador ter notado que ela havia posto um ovo. Em resposta à revelação surpresa, o zoológico corrigiu as informações do pássaro postando em sua conta oficial no Twitter: “Em uma nota pessoal, eu (a coruja) coloquei um ovo esta manhã”.

A coruja-das-torres chamada Ai chegou ao Zoológico de Tokuyama em outubro de 2016. Um teste de DNA feito com amostras de sangue colhidas por um instituto de pesquisas a pedido do zoológico “confirmou” que a ave era macho. Mas, quando um tratador olhou para dentro do recinto de Ai no dia 4 de abril, ele encontrou sob a barriga da coruja um ovo medindo 4 centímetros de comprimento e pesando 20 gramas.

De acordo com o zoológico, as informações de DNA da maioria das aves são desconhecidas e é difícil detectar o sexo de algumas espécies, como no caso das corujas, com base em sua aparência. Ichiro Kihara, guarda-chefe assistente, relembrou com um sorriso: “Todos no zoológico ficaram surpresos”. O ovo não é fertilizado, o que significa que um filhote não nascerá dele.

Ai está atualmente em exibição perto do portão principal do zoológico, e Kihara disse: “Ela é nossa atração principal. Gostaríamos que todos continuassem amando Ai-chan, do jeito que ela é”.