Candidata à assembleia japonesa fez campanha usando máscaras do governo como sutiã

A candidata diz que não quer chamar atenção para si e sim para a forma que o governo japonês tem gastado mal os recursos para combater a pandemia

Candidata à assembleia japonesa fez campanha usando máscaras do governo como sutiã

Se você já esteve no Japão durante as campanhas eleitorais, principalmente nas eleições regionais, provavelmente viu os pôsteres de campanhas padrão, criados pelos candidatos em suas respectivas áreas. O layout de cada pôster é quase sempre idêntico: uma grande imagem do rosto do candidato sorrindo, o nome do partido e o slogan da campanha.

Kana Shindou, que estava em campanha pelo novo Partido Horiemon, fez um cartaz que se destacou dos demais candidatos. Ela usou as máscaras de pano fornecidas às famílias pelo governo japonês, comumente chamada de アベノマスクAbe no masku – como sutiã. Juntamente com o slogan “esmagar as restrições do coronavírus!”, Shindou posa com as máscaras rindo chamando-o de アベノマスクブラAbe no bra – ou “sutiã do Abe”.

Em uma breve entrevista, Shindou explica que faz uma crítica, em resposta a forma que o governo Abe tem agido no combate à pandemia do coronavírus, dizendo: “O pôster está um pouco exagerado, mas não é apenas para chamar atenção. Por trás disso, estou chamando atenção para as medidas preventivas contra o coronavírus. Não é um problema em usar tanto dinheiro para distribuir apenas duas máscaras? É uma crítica em forma de sátira”.

Como acontece em diversas campanhas no Brasil, a candidata não foi eleita, mas ficou surpresa com os 6 mil votos recebidos. E parece que ela não vai desistir até conseguir se eleger nas próximas eleições.

Leia em Grapee (Inglês)

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *