Ex-presidente de rede de restaurantes de sushi no Japão é condenado por vazar informações confidenciais de concorrente 

sushi
,

Anuncie

O Tribunal de Tóquio emitiu uma sentença de três anos de prisão, com proibição de exercer cargos executivos por quatro anos, e impôs uma multa de 2 milhões de ienes ao ex-presidente da Kappa Create, empresa-mãe da Kappa Sushi, por vazar informações confidenciais de um concorrente.

Informações sobre sushi não eram assim tão úteis

Kouki Tanabe, réu no caso, admitiu as acusações, justificando que levou as informações consigo ao mudar de emprego, saindo da Hama Sushi, para evitar situações embaraçosas.

sushi

A acusação argumentou que as informações eram valiosas e solicitou uma pena de quatro anos de prisão, enquanto a defesa enfatizou a baixa aplicabilidade dos dados e pediu uma sentença com a suspensão da execução.

sushi

Tanabe expressou arrependimento e aceitou a sentença de forma responsável, comprometendo-se a reconquistar a confiança.

sushi

Assine e receba os posts em seu email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *