Japão testará trens-bala sem condutor em 2021

Testes semelhantes em trens para a movimentada linha Yamanote de Tóquio, bem como o chamado novo trem shinkansen protótipo “Alfa-X”, já tem acontecido

Japão testará trens-bala sem condutor em 2021

A East Japan Railway Co. disse que conduzirá testes autônomos de seus trens-bala shinkansen da série E7 no próximo outono, com o objetivo de operar esses trens automatizados no futuro. Yuji Fukasawa, presidente da JR, disse em uma entrevista coletiva em Tóquio que seu trem de 12 vagões fará vários testes de 5 quilômetros na província de Niigata, a noroeste de Tóquio, entre outubro e novembro para verificações técnicas.

Os trens da série E7, que têm velocidade máxima de 260 km por hora e percorrem as regiões central e oriental do Japão, serão pilotados remotamente. Embora os condutores estejam a bordo, eles não operam os trens e lidam apenas com emergências. O prazo para colocar os trens automatizados em serviço ainda não foi definido.

A JR East, que espera que o sistema automatizado reduza os erros humanos e melhore a segurança, ao mesmo tempo que ajuda a lidar com uma futura escassez de condutores em meio a uma população em idade ativa em declínio, deve reservar cerca de 200 milhões de ienes (1,9 milhão de dólares) para o testes de condução.

Os testes também examinarão o desempenho dos serviços de comunicação 5G locais de nova geração, que permitem a transmissão rápida de informações em uma determinada área, disse a empresa, acrescentando que os testes de conectividade rápidos custarão provavelmente 80 milhões de ienes.