Por que não se deve adicionar wasabi ao molho de soja em um restaurante de sushi?

Você já misturou um pouco de wasabi ao molho de soja e mergulhou o sushi nele? Se sim, você cometeu um tabu culinário que é desaprovado no mundo dos restaurantes

Por que não se deve adicionar wasabi ao molho de soja em um restaurante de sushi?

O respeitado restaurante de sushi, Sushi Sasaya Korin, no distrito de Pontocho, em Quioto, é um desses estabelecimentos que acredita que o wasabi não deve ser misturado com molho de soja, e outro restaurante de peso, como o Itamae Sushi Edo, no sofisticado bairro de Minato, em Tóquio, também tem a mesma opinião.

O motivo pelo qual a prática é desencorajada é porque se diz que dissolver a raiz forte no molho de soja não apenas mancha o molho de soja, mas também diminui o sabor picante e o aroma do wasabi.

wasabi

A mistura é conhecida como wasabi joyu, sendo esta a união das palavras wasabi e shoyu, a palavra japonesa para molho de soja. De acordo com o restaurante Sushi Sasaya Korin, wasabi joyu é uma violação da etiqueta, não apenas quando se trata de sushi, mas de toda a comida japonesa em geral, já que os dois devem ser sempre saboreados separadamente.

Para o restaurante Itamae Sushi Edo, o wasabi deve ser aplicado diretamente no próprio peixe, principalmente no caso de peixes gordurosos como chuutoro (atum gordo médio) e ootoro (atum rosado), pois ajuda a neutralizar a gordura, o que torna o sabor uniforme e mais delicioso.

Uma pesquisa recente com 15.558 clientes descobriu que 6.347 pessoas (40,8%) disseram que sempre adicionam wasabi ao peixe em seu sushi e nunca fazem wasabi joyu. No entanto, 4.317 pessoas (27,75%) disseram que misturam wasabi com seu molho de soja e 4.894 pessoas (31,46%) disseram que o fazem dependendo da situação, tornando a prática comum com mais da metade dos entrevistados.


Leia também: Super Mario: artista japonês cria prato com sushi para os fãs da Nintendo

A notícia de que o wasabi joyu é uma violação da etiqueta causou um rebuliço online no Japão, com japoneses deixando seus comentários:

“É mesmo? Eu não sabia que existia essa regra!”

“Acho que a mistura está se tornando mais comum. A etiqueta deve mudar com o tempo, para refletir as tendências atuais.”

“Bons restaurantes de sushi colocam wasabi dentro do sushi se for necessário, então você não deve ter que adicionar mais nada.”

“A maioria das pessoas vai a restaurantes baratos de esteiras de sushi, então, comem do jeito que quiserem.”

“Esta é apenas uma extensão da crença de que é considerado tabu misturar coisas enquanto se come”.

É verdade que misturar os pratos, comer arroz e acompanhamentos juntos, é desaprovado nos círculos educados. No entanto, há um lugar onde o wasabi joyu não é apenas aceito, mas incentivado – ao comer kaisendon (tigelas de frutos do mar). Especialistas em tigela de frutos do mar, como Don em Osaka e Kotetsu no Mercado Omicho de Ishikawa, aconselham que o wasabi deve ser colocado em um prato pequeno, misturado com molho de soja e despejado na tigela antes de comer.

Portanto, da próxima vez que você comer sushi sob a supervisão de um chef atento no Japão, certifique-se de manter a raiz forte e molho de soja separados. Mas, de verdade, aproveite para satisfazer-se ao máximo nas suas refeições e, se alguém te corrigir, não esqueça de deixar a conta para a pessoa pagar.

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *