Vinho é produzido na plataforma de estação ferroviária no Japão

O vinho japonês não é o mais famoso do mundo, mais é o único produzido em tais condições

Vinho é produzido na plataforma de estação ferroviária no Japão
Desbravando o Japão

Chamado de Shiojiri Station Merlot, este vinho único produzido a partir de uvas cultivadas em um vinhedo na plataforma da estação de trem da cidade de Shiojiri, na província de Nagano, uma das regiões vinícolas mais famosas do país. É aqui que os habitantes locais cultivam as uvas em um local único e não há nenhum outro vinhedo como este no mundo, já que está localizado nas plataformas três e quatro da estação Shiojiri.

As uvas foram plantadas pela primeira vez na plataforma em 1988 para promover o vinho como uma das principais indústrias de Shiojiri. Atendidas pela equipe da Japan Rail, junto com voluntários e membros da associação turística da cidade e com a orientação dos produtores de uvas Shiojiri, as videiras produzem uvas Merlot vermelhas e Niagara brancas, que são colhidas no outono e usadas para fazer o vinho Shinshu.

Shinshu, um antigo nome para Nagano, é uma das principais regiões produtoras de vinho do Japão, fazendo vinhos da área muito procurados em todo o país. Mas porque saborear este vinho em especifico? Devido a produção limitada produzida pelo pequeno vinhedo, os vinhos da Estação Shiojiri são muito limitados.

A safra de 2019 foi lançada com apenas 120 garrafas produzidas, com 40 não estufadas (ao preço de 4000 ienes cada) e 80 envelhecidas em barris de carvalho Mizunara por sete meses (ao preço de 8000 ienes cada), tornando este um vinho japonês muito especial. A safra de 2019 foi tão procurada e infelizmente esgotou, há planos de produzir outra safra para o próximo ano, então fique de olho no site oficial da Associação de Turistas de Shiojiri para atualizações.

Leia em Sora News 24 (Inglês)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também