mangá

Tribunal de Tóquio condena dono de site que disponibiliza mangá a pagar multa bilionária 

Durante um julgamento movido por três grandes editoras contra o dono do site Mangamura, acusado de causar prejuízo ao publicar ilegalmente mangás populares, o Tribunal de Tóquio determinou um pagamento de mais de 1,7 bilhão de ienes como compensação.

A jogada da industria de mangá

A editora Shogakukan Shueisha Productions entrou com ação por aproximadamente 1,929 bilhões de ienes em danos, alegando violação de direitos autorais ao terem seus mangás populares publicados ilegalmente no site de pirataria Mangamura.

mangá

No dia 18 de abril, o Tribunal de Tóquio emitiu uma sentença ordenando ao antigo dono do site o pagamento total de mais de 1,73 bilhão de ienes.

mangá

Em 2021, ele já havia sido condenado a três anos de prisão por violação da lei de direitos autorais, entre outros crimes.

mangá

Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *