deficientes

Museu Nacional de Ciência do Japão inicia operação de robô de orientação para deficientes visuais 

O Museu Nacional de Ciência do Japão lançou a primeira operação de uma mala robótica autônoma com inteligência artificial, projetada para guiar pessoas com deficiência visual.

Integrante deficientes com tecnologia

Este dispositivo não apenas fornece instruções por voz, mas também utiliza vibrações nas pontas dos dedos para indicar a direção.

deficientes

Conhecida como AI Suitcase, o robô será responsável por guiar pessoas até o seu destino, ajudando a evitar pedestres e obstáculos.

deficientes

Embora robôs para pessoas com deficiência visual já tenham sido testados em locais como instalações comerciais e aeroportos, esta é a primeira vez que serão operados diariamente em uma única instalação.

deficientes

A diretora Chieko Asakawa, que é deficiente visual, demonstrou e explicou a importância da introdução deste dispositivo, destacando a esperança de que todos possam experimentar em breve uma visão do futuro em que os robôs auxiliem as pessoas.

deficientes

Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *