Sony recebe licença dos EUA para fornecer à Huawei os principais sensores de imagem

Apesar de receber uma licença, a Sony continua cautelosa sobre o futuro de seus negócios com a Huawei

Sony recebe licença dos EUA para fornecer à Huawei os principais sensores de imagem

A Sony e a Omnivision, os dois maiores fornecedores mundiais de sensores de imagem por câmera, receberam licenças do governo dos Estados Unidos para retomar alguns envios para a chinesa Huawei Technologies, que foi cortada do fornecimento de chips vitais globais pela repressão de Washington, disseram várias fontes familiarizadas com o assunto ao Nikkei Asia.

A Sony, também fornecedora da Apple, é a fornecedora exclusiva dos chips sensores de imagem CMOS premium que permitiram à Huawei apresentar câmeras de classe mundial, capazes de competir com rivais líderes da indústria, como o iPhone. Desde 15 de setembro, os fornecedores globais precisam obter uma licença se usarem qualquer tecnologia americana para fornecer à empresa chinesa.

A nova série Mate 40 da Huawei, ainda usa sensores de imagem da Sony, dando a eles os sistemas de câmeras mais avançados e poderosos do mundo, de acordo com a empresa chinesa. A Omnivision, adquirida por um fundo chinês em 2014 e agora uma subsidiária da Will Semiconductor listada em Xangai, também é um fornecedor importante da Apple, Oppo e Xiaomi. É o terceiro maior reprodutor de sensor de imagem CMOS do mundo, depois da Sony e da Samsung.

“O que aprendemos foi que alguns fornecedores relacionados a telas e sensores de imagem estão recebendo algumas licenças do governo dos Estados Unidos, já que esses componentes são vistos como menos relacionados a questões de segurança cibernética, e a Sony está entre aqueles que receberam a aprovação”, disse um executivo da indústria de chips a Nikkei Asia.