Todo Dia > Inovação > Sony cria dispositivo para detecção precoce de doenças, medindo a função olfativa

Sony cria dispositivo para detecção precoce de doenças, medindo a função olfativa

Os planos sobre usos do dispositivo devem chegar até ao entretenimento

Sony cria dispositivo para detecção precoce de doenças, medindo a função olfativa
Desbravando o Japão

Receba os posts por email assim que foram publicados

A Sony criou um dispositivo para detecção precoce de doenças, como Alzheimer. O aparelho é o primeiro do tipo no mundo e é capaz de verificar facilmente a deterioração da função olfativa.

Um dispositivo que tem mais usos do que só para a área médica

A máquina pode medir o declínio na função olfativa do COVID-19, por exemplo. Além disso, ela consegue detectar os estágios iniciais do Alzheimer.

dispositivo

Antes, precisava-se de 30 minutos apenas para ventilar o ambiente dos testes, para que outros odores não atrapalhasse.

dispositivo

Este aparelho utiliza cartuchos especiais que contêm odores de diferentes concentrações. São testados diversos cheiros, como de rosas e de natto.

dispositivo

A Sony pretende utilizar esta tecnologia também em áreas de entretenimento e comunicação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também