Comportamento > Homem que recebeu depósito milionário de auxílio da pandemia, alega inocência durante julgamento no Japão 

Homem que recebeu depósito milionário de auxílio da pandemia, alega inocência durante julgamento no Japão 

O julgamento deve definir se os atos deste caso constituem ou não um crime

Homem que recebeu depósito milionário de auxílio da pandemia, alega inocência durante julgamento no Japão 
Desbravando o Japão

Receba os posts por email assim que foram publicados

Teve início o julgamento criminal do réu, Sho Taguchi. Ele recebeu 46,3 milhões de ienes por engano da prefeitura. Depois de reconhecer os fatos, a defesa de Taguchi alegou sua inocência.

O julgamento deve ter um veredito só no ano que vem

De acordo com a acusação, o réu obteve lucro ilegal ao transferir o dinheiro para agências de corretagem. Afinal, ele sabia do erro. Na época, ele alegou que havia gastado tudo em cassinos online.

julgamento

A cidade recuperou quase todo o montante, após as agências devolverem o dinheiro à prefeitura. Que, por sua vez, fez um acordo civil com Taguchi.

julgamento

Na primeira audiência, o réu admite ter feito a transferência. A questão neste julgamento é se essas ações constituem, ou não, um crime.

julgamento

O tribunal busca definir uma sentença em dezembro. O veredicto deverá ser proferido apenas em fevereiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também