Seven&i vai adquirir a loja de conveniência americana por 21 bilhões de dólares

A perspectiva de uma população cada vez menor no Japão significa espaço limitado para os varejistas crescerem em casa

Seven&i vai adquirir a loja de conveniência americana  por 21 bilhões de dólares
Desbravando o Japão

A maior varejista japonesa Seven & i Holdings Co. disse que sua unidade norte-americana 7-Eleven Inc. vai adquirir a Speedway LLC, uma rede de lojas de conveniência e postos de gasolina, por 21 bilhões de dólares para expandir as fontes de receita no exterior devido a uma saturação no mercado doméstico. O negócio, a quarta maior aquisição de uma empresa estrangeira por uma empresa japonesa, foi fechado no dia 3 de agosto entre a operadora da rede de lojas de conveniência Seven-Eleven e a refinaria de petróleo americana Marathon Petroleum Corp., dona da Speedway.

Ao adquirir a Speedway, que ocupa a terceira posição em termos de número de lojas nos Estados Unidos, a líder do setor Seven & i obterá um aumento de 1,4 vezes em seu número de lojas de conveniência no país, fortalecendo seu domínio. Em dezembro de 2019, sua subsidiária nos EUA operava cerca de 9000 lojas e verá cerca de 3900 lojas administradas pela Speedway com sede em Ohio adicionadas. A Seven & i irá adquirir a Speedway entre janeiro e março do próximo ano e espera que a aquisição aumente seu lucro operacional no ano fiscal de 2024.

“É um grande passo para o nosso grupo se tornar um varejista verdadeiramente global com foco em lojas de conveniência”, disse o presidente da Seven & i, Ryuichi Isaka, em uma entrevista coletiva. “Será uma integração histórica para nós.” A Seven & i vê os Estados Unidos como um mercado-chave com potencial de crescimento e a aquisição da Speedway, que opera lojas de conveniência e postos de gasolina em 36 estados norte-americanos, deve permitir diversificar seu portfólio de negócios.

A Seven & i havia feito uma tentativa anterior de comprar a Speedway, mas desistiram em março, após não chegarem a um acordo sobre o preço. Mas acredita-se que a Marathon tenha decidido vender o Speedway para enfrentar a crise do coronavírus que também atingiu o setor de petróleo. Após o anúncio, as ações da Seven & i despencaram em Tóquio, com investidores se preocupando com a incerteza decorrente da pandemia do coronavírus, de acordo com um corretor.

Leia em The Mainichi (Inglês)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também