Segunda onda de casos de COVID-19 é inevitável no Japão, diz especialista

Em uma entrevista, o diretor do Instituto de Saúde da População do King’s College de Londres disse onde o país tem acertado e o que deveria fazer para amenizar os impactos da segunda onda

Segunda onda de casos de COVID-19 é inevitável no Japão, diz especialista

Parte da série Coronavírus, em 354 posts

Uma segunda onda de infecções por coronavírus certamente atingirá o Japão, embora o país tenha conseguido impedir a disseminação explosiva do COVID-19, segundo alertou em uma entrevista o diretor do Instituto de Saúde da População do King’s College London, Kenji Shibuya.

“Será perigoso ter a impressão de controle quando a próxima onda de infecções chegar”, disse ele. “A luta contra esse vírus é realmente uma batalha de longo prazo, e é apenas o fim do primeiro turno, para usar uma metáfora do beisebol.”

Shibuya elogiou as medidas do governo para conter grupos de infecções durante os estágios iniciais do surto. Ele também disse que os esforços do público para ficar em casa e a declaração do governo de um Estado de Emergência, imediatamente após o número de infecções começar a aumentar exponencialmente, ajudaram a impedir uma propagação explosiva.

“Embora o Japão tenha conseguido ganhar tempo através de medidas de cluster, seus sistemas médicos e de testes são insuficientes. Embora o investimento de recursos no teste de pacientes gravemente enfermos esteja correto, o maior problema dessa doença é que aqueles com sintomas leves ou sem sintomas, que se espalham para outras pessoas sem saber”, declarou o professor.

Ele enfatizou também a necessidade de mudar para um regime de testar mais pessoas, identificar pacientes infectados e isolá-los. Shibuya pediu às empresas que cooperem, fazendo com que os funcionários passem por testes periodicamente para detectar o vírus. “Será possível fazer testes em casa usando amostras de saliva”, disse ele.

Leia em Japan Times (Inglês)

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *