Província de Aichi irá declarar Estado de Emergência

Embora a situação de Emergência da província não tenha uma base legal, diferentemente da declaração do governo central, Omura disse que solicitará que os moradores evitem sair por razões não essenciais e que as escolas fechem até dia 6 de maio

Província de Aichi irá declarar Estado de Emergência

O governador da província de Aichi, que abriga várias das grandes empresas japonesas, incluindo a Toyota Motor Corp., também declarará seu próprio estado de emergência na sexta-feira à tarde e solicitará que as pessoas evitem fazer passeios não essenciais, após um aumento no número de pessoas infectadas pela pneumonia viral.

O governador da província Hideaki Omura fez o anúncio dois dias após que o primeiro-ministro Shinzo Abe impor formalmente um Estado de Emergência a Tóquio e seis outras prefeituras.

Aichi não foi incluído na emergência apesar de ter o quinto maior número de infecções entre as prefeituras do Japão. Os casos na província são nitidamente menor que Tóquio e Osaka, mas tem mais infectados que Hyogo, Saitama e Fukuoka, todos cobertos pela declaração de emergência de Abe, conforme mostram dados da emissora pública NHK.

Omura disse em uma entrevista coletiva que sua província estava conversando com o governo central e estava se preparando para ser incluída. O governo central responderá “rapidamente”, disse ele.

N26 - 10-04-2020
O governador de Aichi, Hideaki Omura, fala em uma entrevista coletiva em Nagoya na quinta-feira
Foto: KYODO