O número de suicídios no Japão aumentou em agosto, preocupando autoridades

Os casos tem ocorrido no mês de agosto e não foram apenas na região metropolitana de Tóquio, onde infelizmente são mais comuns, como também houve um aumento de ocorrências até mesmo em Aichi

O número de suicídios no Japão aumentou em agosto, preocupando autoridades

De acordo com o Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar somente em agosto 1849 pessoas cometeram suicídio em todo o Japão, 15,3% a mais do que no mesmo período do ano passado. Desse aumento, a maioria eram mulheres; Mais 186 mulheres em todo o país cometeram suicídio em comparação com o ano passado.

Tóquio experimentou o maior número de suicídios, 119 pessoas – junto com o maior aumento de 65 – mas Kanagawa, Chiba e Saitama, todas as províncias vizinhas a Tóquio, também registraram números acima de 100. Na província de Aichi, Nagoya, a quarta maior cidade no Japão, também experimentou aumentos significativos.

O Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar está levando esses números muito a sério, especialmente porque o menor número de suicídios foi registrado no ano passado. Eles decidiram analisar se o estado da pandemia é ou não a causa desse aumento e também pediram às pessoas que aproveitem os serviços de consulta disponíveis.

Se você está sofrendo de depressão e tem pensamentos suicidas, saiba que não está sozinho e que há ajuda disponível, mesmo em português. O site do Consulado Geral do Brasil em Nagoya oferece informação para pessoas que precisam de ajuda psicológica. Você não está sozinho!