O governo dos EUA aboliu “restrições à importação” de produtos alimentícios japoneses

O governo dos dois países sabe que o comercio entre eles é importante

O governo dos EUA aboliu “restrições à importação” de produtos alimentícios japoneses
Desbravando o Japão

O Ministério da Agricultura, Silvicultura e Pesca anunciou que o governo dos EUA suspendeu as restrições às importações de produtos alimentícios japoneses, que se seguiram ao acidente na usina nuclear de Fukushima Daiichi da TEPCO. A suspensão ocorre sobre a importação de 100 itens, de 14 províncias, incluindo arroz e cogumelos de Fukushima, incluindo as regiões de Tohoku e de Kanto.

De acordo com o Ministério, o valor das exportações de produtos agrícolas, florestais e pesqueiras do Japão para os Estados Unidos foi de 118,8 bilhões de ienes no ano passado, tornando-o o terceiro maior parceiro de exportação. Ainda assim, 14 países e regiões, como China e Coréia do Sul, continuam regulando as importações devido ao acidente nuclear.

E o governo do Brasil?

O Brasil já chegou a impor restrições ao comercio de alimentos do Japão, principalmente, após o acidente da usina da Tepco. Há vários anos, as restrições da maioria dos produtos, começaram a ser retiradas. Porém, só em 2018 é que as restrições acabaram de fato.

governo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também