Número de turistas cai e os cervos de Nara deixam o parque procurando comida

Devido ao coronavírus, os turistas quase sumiram. Vídeos mostram manadas de cervos galopando pelas ruas e parando o tráfego enquanto procuram comida

Número de turistas cai e os cervos de Nara deixam o parque procurando comida

Nara é um dos destinos turísticos mais populares do Japão e o que torna a cidade tão popular é o fato de abrigar a maior estátua de Buda do mundo, conhecida em japonês como Daibutsu, abrigada no Templo Todaiji, considerado Patrimônio Mundial da UNESCO, além de também ser o lar de milhares de cervos que circulam livremente.

Mas agora o número de turistas caiu para níveis dramáticos devido ao coronavírus, e os cervos estão saindo do parque em busca de comida. Relatos de avistamentos de cervos em lugares onde geralmente não são vistos, têm sido notícia na televisão recentemente, e não são apenas um ou dois veados que são vistos por vez, enquanto deixam o parque em rebanhos.

Os locais que disseram que, apesar de terem vivido na área há décadas, nunca haviam visto veados devorando arbustos e flores nas calçadas do centro da cidade como antes. A Estação Nara está localizada a 20 minutos a pé do parque, mas os cervos estão sendo vistos no terreno da estação, para a surpresa dos moradores.

Uma reportagem da TV mostrou cervos galopando pelas ruas sem se preocupar com os carros, e a repórter que visita o Nara Park dizia que quase não há turistas por perto. Ela está em um local que geralmente é movimentado por vendedores de biscoitos de arroz, mas agora não há nem um, já que o número de turistas caiu 80%.